Apple Music e TV chegam ao Windows 11 com pistas sobre realidade virtual

Prévias do Apple Music e Apple TV já aparecem na Microsoft Store; há também um aplicativo para acessar iPhones e iPads no Windows 11

Emerson Alecrim
Por

Finalmente os aplicativos do Apple Music e Apple TV chegaram à Microsoft Store. Isso significa que você pode instalá-los no Windows 11 para consumir o conteúdo desses serviços sem depender de navegador ou “gambiarras”. E há um terceiro aplicativo: o Apple Devices permite gerenciar iPhones e iPads no sistema da Microsoft.

Apple TV para Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft Store)
Apple TV para Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft Store)

Na comparação com os aplicativos disponíveis no macOS, as versões para Windows 11 (os apps não são compatíveis com o Windows 10) são mais limitados. Atualmente, todos estão com o status “preview”, o que significa que alguns recursos podem não funcionar como o esperado.

Apesar disso, a reprodução de conteúdo — o aspecto mais importante — nos aplicativos do Apple Music e Apple TV ocorre sem grandes problemas. Para completar, o XDA Developers afirma que o Apple Devices é eficiente, além de ter uma interface com menus simples e ícones modernos.

O único porém está no fato de que, ao instalar qualquer um dos três aplicativos, o iTunes deixa de funcionar no Windows, pelo menos até uma nova versão da ferramenta ser lançada (se é que será).

Apple Music para Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft Store)
Apple Music para Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft Store)

Apple Devices tem pistas sobre realidade virtual

Talvez você tenha notado que, ao gerenciar iPhones, iPads e até iPods no Windows 11, o Apple Devices substitui o iTunes nessa função. Mas, futuramente, o aplicativo também poderá permitir o gerenciamento de dispositivos de realidade virtual ou aumentada.

Isso porque o perfil @aaronp613, no Twitter, revelou ter encontrado referências a “Reality OS” e “xrOS” no código do aplicativo. Esses são os nomes de um suposto sistema operacional em desenvolvimento pela Apple para aplicações de realidade virtual.

Apple Devices (imagem: divulgação/Microsoft Store)
Apple Devices (imagem: divulgação/Microsoft Store)

São crescentes os rumores sobre isso. Os nomes “RealityOS” e “rOS” foram mencionados há algum tempo por Mark Gurman, da Bloomberg, em burburinhos sobre um headset de realidade virtual da Apple. No mês passado, o jornalista contou que a companhia rebatizou o suposto sistema para xrOS.

Ainda de acordo com os rumores, o tal headset deve ser apresentado na WWDC, em junho, e ter seu lançamento executado até o fim de 2023.

Enquanto isso, os novos aplicativos para Windows 11 são os que mais nos interessam. Talvez por estarem em fase preview, eles ainda não podem ser encontrados com uma simples busca na Microsoft Store. Tudo bem. Eis os seus respectivos links na loja:

Se você não encontrar os botões de download desses aplicativos na Microsoft Store, a dica é tentar mais tarde. Segundo o MacRumors, os downloads estavam suspensos nesta quinta-feira (12), mas podem ser liberados novamente em breve.

Com informações: MacRumors, The Verifier.

Relacionados

Relacionados