Windows 11 testa recurso que permite correção de bugs sem reiniciar o sistema

Nova build do Windows Insider traz atualização com novo recurso do kernel no gerenciador de tarefas; Microsoft também altera visual do sistema operacional

Felipe Freitas
Por

Na última quinta-feira, a Microsoft liberou a build 25276 do Windows 11 Insider. O destaque dessa nova atualização é a ferramenta de live kernel memory dump (LKDs) para o gerenciador tarefas. De acordo com a publicação da Microsoft no blog do programa, este recurso permitirá a correção de bugs interromper o sistema operacional.

Windows 11
Windows 11 (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)

A feature soa promissora, já que não levará o usuário a perder tempo ou fluxo do trabalho tendo que reiniciar todo o computador quando surgir uma falha. Entretanto, o recurso só funcionará em falhas não fatais. A build 25276 também testa novos recursos focados em UX e visual.

Live kernel memory dump no Gerenciador de Tarefas

No blog do Windows Insider, a Microsoft informa que o novo recurso será liberado gradualmente para os participantes do programa. O kernel funciona como uma ponte entre os hardwares e softwares instalados em um dispositivo. Com o live kernel memory dump, o sistema será capaz de coletar informações de um programa e resolver o problema mantendo o Windows 11 operante.

Isso não quer dizer que todo bug será resolvido sem reiniciar o sistema operacional, falhas mais graves (ou fatais) ainda estarão sujeitas a atrapalhar a vida do usuário. A função do LKDs será acessada clicando com o botão direito em uma aplicação dentro do gerenciador de tarefas. No Windows 11, a Microsoft está dando mais atenção ao gerenciador, querido amigo chamado pelo Ctrl + Shift + Esc nos momentos ruins.

Live kernel memory dump no gerenciador de tarefas do Windows 11 (Imagem: Divulgação/Microsoft)
Live kernel memory dump no gerenciador de tarefas do Windows 11 (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Windows 11 Insider Build 25276 traz mais mudanças no design

Na build mais recente, a Microsoft reforça a atualização de elementos “inconsistentes” com o design do Windows 11. Afinal, o sistema operacional é redondo.

Para a nova versão do Windows Insider, a notificação de incompatibilidade de aplicativo está mais “Windows onzeficada”.

Caixa de diálogo do Menu Iniciar no Windows 11 Insider Build 25267 (Imagem: Divulgação/Microsoft)
Caixa de diálogo do Menu Iniciar no Windows 11 Insider Build 25267 (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Outro elemento visual que está mais condizente com o sistema operacional é a barra de pesquisa do menu iniciar. Atualmente, ela possui bordas levemente arredondadas. Na build 25276, a barra de pesquisa usa o design da sua contraparte localizada na barra de tarefas — bem arredonda e mais bonita.

Barra de pesquisa do Menu Iniciar no Windows 11 Insider Build 25267 (Imagem: Divulgação/Microsoft)
Barra de pesquisa do Menu Iniciar no Windows 11 Insider Build 25267 (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Já o Windows Security teve as suas caixas de diálogos com design de Windows 11 suspensos temporariamente. A Microsoft está corrigindo alguns bugs.

Com informações: Microsoft (1, 2 e 3) e Bleeping Computer

Relacionados

Relacionados