Fim de uma era para milheiros: cartão Itaucard do Pão de Açúcar deixa de pontuar em real

PDA Platinum já não recebia solicitações desde dezembro de 2022; pontuação passa a ser contabilizada em dólar, como qualquer outro cartão de crédito

Lucas Lima
Por

O Itaú mudou as regras do Itaucard Pão de Açúcar. A partir de fevereiro, o cartão pontuará os gastos em dólar, não mais em reais, como era feito. Além disso, a conversão de pontos foi cortada para mais da metade: 2 pontos a cada dólar, enquanto antes ficava em 1 ponto por real.

Cartão Itaucard Pão de Açúcar
Cartão Itaucard Pão de Açúcar (Imagem: Lucas Lima/Tecnoblog)

Em comunicado enviado ao Tecnoblog nesta terça-feira (17), o Itaú destacou que as novas condições do cartão vieram para privilegiar transações realizadas em lojas do Grupo Pão de Açúcar. Essas mudanças foram adiantadas pelo Cartões, Milhas e Viagens, na última segunda-feira (16).

Para tanto, a pontuação do Itaucard PDA Platinum também terá, além dos 2 pontos por dólar, 5 pontos por dólar nas lojas do Pão de Açucar. Enquanto o PDA Gold dará 1,5 ponto por dólar em qualquer compra e 3 pontos por dólar em lojas do grupo.

Outra mudança interessante, mas que agora vai passar sem comemoração é a retirada do deságio nas transferências dos pontos para Smiles e Latam Pass, que antes era de 0,8 e passará a ser de 1 para 1, como já ocorria no TudoAzul.

Clientes do PDA Platinum ainda terão cashback de R$ 30 a cada 1.000 pontos ao comprar em lojas do grupo. Para o PDA Gold, a conversão fica em R$ 25.

O banco confirmou que não haverá alteração na anuidade dos cartões. O regulamento atualizado dos cartões já pode ser conferido no site.

“Queremos simplificar o entendimento dos clientes em relação aos benefícios, além reforçar os benefícios relacionados ao Pão de Açúcar, nosso parceiro e sócio neste produto. As mudanças facilitam a transferência de pontos para as companhias aéreas parceiras, sem a necessidade de fazer contas, e visam prestigiar os clientes que concentram suas compras no GPA — que terão uma pontuação bastante expressiva nessas transações, além dos descontos 20% em vinhos, cervejas especiais e produtos de marcas exclusivas. Em conjunto com os demais benefícios, o cartão permanece bastante competitivo, como um dos melhores do mercado”.

Rodrigo Carneiro, diretor de Cartões do Itaú Unibanco.

Mudança faz o PDA perder o apelo para milheiros

O PDA era, sem dúvida, um dos melhores cartões para juntar milhas, senão o melhor, como abordamos no Tecnocast 230 — Use o cartão de crédito a seu favor. Com a antiga pontuação de 1 ponto a cada real e os bônus de transferência dos programas das companhias aéreas, ficava fácil conseguir um montante considerável que “pagava” a própria anuidade no fim do ano.

A solicitação do cartão do Itaú também era lenda para alguns, já que era difícil conseguir aprovação. Desde dezembro de 2022, o PDA deixou de receber pedidos, um sinal de que alguma mudança estava por vir.

Agora, com 2 pontos a cada dólar, o cartão do Itaú fica abaixo de concorrentes que oferecem 2,2 ou 2,5 ou até mais pontos a cada US$ 1. Pode continuar atrativo, apenas, para quem compra com frequência nas lojas do Pão, seja pelos descontos de 20% em alguns produtos ou pela maior pontuação convertida.

“Os cartões Itaú Pão de Açúcar sempre foram estratégicos na fidelização e, com as mudanças, passam a ser ainda mais, priorizando os clientes e oferecendo diferenciais competitivos na pontuação das compras, trocas em companhias aéreas, cashback maior para compras feitas na rede e, claro, descontos exclusivos nas nossas lojas”.

Celio Lopes, diretor de Produtos Financeiros do GPA

Relacionados

Relacionados