AMD se torna mais reconhecida que Intel em ranking global de marcas

Edição 2024 do ranking Kantar brandZ das marcas mais valiosas tem AMD à frente da Intel; AMD também está entre as marcas que mais se valorizaram

Emerson Alecrim
Por
AMD
AMD se torna mais reconhecida que Intel em ranking de marcas (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A AMD sempre foi vista como uma marca alternativa à Intel, mas a imagem da empresa no mercado melhorou substancialmente nos últimos anos. Prova disso é que a AMD apareceu na frente da Intel na edição 2024 da lista Kantar brandZ das marcas mais valiosas do mundo.

O ranking foi divulgado em junho, mas, na ocasião, as quatro primeiras colocadas é que chamaram a atenção: Apple (1ª), Google (2ª), Microsoft (3ª) e Amazon (ª).

Só recentemente é que veículos especializados em tecnologia, como o Tom’s Hardware, notaram que a mesma lista mostra a AMD na 41ª posição, à frente da Intel, que aparece na 48ª colocação.

AMD está entre as marcas que mais se valorizaram

A edição 2024 da lista também mostra a AMD na 10ª posição das empresas cujas marcas mais se valorizam em relação ao ranking de 2023.

O valor de marca da AMD chegou a US$ 51,86 milhões, considerando a categoria de negócios de tecnologia. Trata-se de uma valorização de 53% na comparação a ano a ano.

Isso não quer dizer que a AMD tem reputação melhor do que a Intel ou vice-versa. O ranking da Kantar brandZ trata de reconhecimento e percepção de valor de marcas. Em linhas gerais, o relatório avalia o quanto a marca contribui para o sucesso financeiro da organização que a detém.

A posição conquistada pela AMD sugere que a companhia tem feito um bom trabalho em promover suas soluções. Em termos práticos, isso é um indicativo de que a presença de um selo AMD em um produto é um dos fatores que podem pesar na decisão de compra do item.

O relatório da Kantar atribui o crescimento da marca da AMD aos esforços da companhia na promoção de novas tecnologias, sobretudo no âmbito da inteligência artificial.

Processador Ryzen Pro (imagem: divulgação/AMD)
Processador Ryzen Pro, da AMD (imagem: divulgação/AMD)

AMD ainda encara muitos desafios

A AMD teve um bom resultado no ranking da Kantar brandZ, mas a situação da companhia no mercado ainda é de enfrentamento de muita concorrência.

Só para dar um exemplo, um levantamento da Mercury Research mostra que, no primeiro trimestre de 2024, a Intel ficou com 76,1% do segmento de CPUs para desktops, contra 23,9% da AMD. Em chips para notebooks, a Intel registrou 80,7% das vendas; a AMD, 19,3%.

Para completar, a companhia segue ofuscada pela Nvidia no mercado de GPUs. Aliás, no ranking da Kantar brandZ, a Nvidia conseguiu ser ainda mais notável: a marca aparece na 6ª posição da lista com valor de US$ 201,84 milhões e valorização de 178% em relação a 2023.

Relacionados