Android 15 Beta 3 atinge estabilidade e traz novidades de segurança

Android 15 dá sinal verde para desenvolvedores testarem seus apps. Proteção contra roubo e pasta secreta são esperadas para lançamento oficial.

Giovanni Santa Rosa
Por
Android
Android 15 chegará no segundo semestre, ainda sem data definida (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Google liberou nesta terça-feira (18) a terceira versão beta do Android 15. Ela é a primeira a atingir a estabilidade da plataforma, o que significa que está mais próxima da versão final. Além disso, a atualização traz novidades nas passkeys e pode estar preparando mudanças na autenticação biométrica.

A estabilidade da plataforma já estava prevista para junho no cronograma divulgado no lançamento do primeiro preview para desenvolvedores. Ela significa que, a partir de agora, as APIs estão finalizadas e os comportamentos relacionados aos apps estão praticamente prontos. Portanto, desenvolvedores já podem testar seus produtos no sistema.

Tela mostrando que fluxo das passkeys passou de dois passos para apenas um
Usuário poderá acessar passkey com apenas um comando (Imagem: Reprodução / Android Developers Blog)

O Google também mudou a interface das passkeys (também conhecidas como chaves-senha ou chaves de acesso). Agora, ao detectar o login em um site em que o usuário tem uma passkey salva, o Android já pede o PIN ou a autenticação biométrica. Antes, o sistema perguntava primeiro se o usuário queria usar a passkey, para só depois confirmar a identidade.

O Android 15 também parece ter mais planos para a segurança guardados para o futuro. O site Android Authority descobriu códigos que sugerem que o sistema poderá identificar quando uma impressão digital ou um rosto gravado não está funcionando corretamente. Quando isso acontecer, ele poderá deletar o cadastro da biometria, pedindo para o usuário refazê-lo.

Android 15 terá espaço privado para esconder apps

Outras novidades do sistema já são conhecidas há algum tempo, seja de betas anteriores ou dos anúncios do Google I/O 2024, que aconteceu em maio. Em segurança, o sistema trará um “espaço privado”, como o Google chamou sua implementação de uma pasta secreta para apps.

Demonstração do espaço privado do Android 15: o usuário toca na parte de baixo da gaveta de aplicativos, desbloqueia o celular com a digital e tem acesso aos apps escondidos
Apps escolhidos só poderão ser abertos com autenticação (Imagem: Reprodução / Google)

Outro recurso é a proteção contra roubos, que tentará identificar quando o telefone for tomado da mão do usuário. Ela estará disponível para o Android 10 ou superior e os testes vão começar pelo Brasil.

O Android 15 também terá gravação de tela parcial (apenas para um app ou uma área), novos controles de volume e melhorias no multitarefas em tablets. O sistema ainda não tem data para ser lançado oficialmente, mas uma nova versão beta é esperada para julho.

Com informações: Android Developers Blog, The Verge, Android Authority

Relacionados