App brasileiro disputa prêmio de design da Apple

SmartGym leva a academia para dentro do celular e smartwatch. Aplicativo foi criado pelo mineiro Mateus Abras e aparece em primeiro lugar na categoria de Saúde da App Store.

Thássius Veloso
Por
Cubo de alumínio com a marca da Apple numa das faces
Troféu do Design Awards é um cubo de alumínio (Imagem: Divulgação/Apple)

O Brasil tem representante no principal prêmio de design da Apple: o SmartGym figura entre os finalistas do Design Awards, cujos vencedores serão revelados daqui a duas semanas, durante a conferência WWDC 2024. O aplicativo foi criado pelo mineiro Mateus Abras em 2016. De lá para cá, acumula 4 milhões de downloads.

A ideia por trás do SmartGym é oferecer orientações precisas e interface diferenciada para quem busca treinamento físico. O app utiliza machine learning para criar treinos personalizados.

Prints do aplicativo no iPhone
SmartGym existe desde 2016 e está presente tanto no iPhone quanto em outros dispositivos da Apple (Imagem: Divulgação/SmartGym)

“A Apple é referência de design desde que o Steve Jobs volta à empresa com o iMac colorido. Eu considero este prêmio como um Oscar da tecnologia”, comenta Mateus em entrevista ao Tecnoblog.

Aliás, ele é um velho conhecido de quem vivencia o ambiente da maçã. No ano passado, Mateus e o SmartGym levaram o prêmio de App do Ano num outro evento da Apple. Desta vez, concorrem numa honraria em que funcionários da Apple escolhem os programas mais belos, funcionais, e que tirem proveito dos recursos mais recentes. Estes são alguns dos critérios da categoria de Inovação.

Mateus começou o SmartGym como um projeto pessoal. A ideia cresceu e se transformou em app para iPhone, Apple Watch, Mac, iPad e até Vision Pro, o aparelho de realidade virtual da Apple. A maioria dos usuários realiza seus treinos no relógio inteligente – até porque somente o SmartGym funciona independentemente do telefone, segundo o empresário.

Homem com microfone
Mateus Abras é a mente por trás do app de saúde (Foto: Divulgação/SmartGym)

A base de dados inclui 690 exercícios físicos, 130 treinos pré-montados e dezenas de aparelhos e acessórios de academia. Abras fecha parcerias com professores de educação física para produzir conteúdo que seja eficaz e também correto do ponto de vista fisiológico.

Usuários dos Estados Unidos e do Brasil são maioria na base do SmartGym. Na sequência aparecem países como Reino Unido, México e Alemanha. O app está disponível em inglês, português, espanhol, francês, alemão e italiano.

“Muita gente tem medo ou vergonha de fazer academia porque se sente intimidada ou porque não sabe realizar os movimentos. O SmartGym vem para quebrar isso”, comenta Mateus. Ele recebe emails de usuários das mais interessantes origens, todos felizes com os resultados – tem desde septuagenários até militares do exército americano.

Telas do aplicativo no relógio inteligente
Aplicativo funciona no Apple Watch de forma independente (Imagem: Divulgação/SmartGym)

O SmartGym ganha novidades bem a tempo da WWDC. A nova versão que chega à App Store nesta quinta-feira (dia 30/05) permite adicionar vários locais de treino, recurso bastante pedido por quem às vezes faz o treino na academia (com alguns aparelhos), às vezes em casa (sem acessórios), ou ainda está em viagem e aproveita o espaço fitness do hotel.

Os demais finalistas do Apple Design Adwards 2024 na categoria de Inovação são o Copilot Money (de planejamento financeiro) e o Procreate Dreams (animação 2D no iPad).

Relacionados