Copilot vai perder atalho de teclado para priorizar botão dedicado

Microsoft decidiu desativar o atalho de teclado "Windows + C" no Windows 11 que aciona a inteligência artificial Copilot

Emerson Alecrim
Por
Tecla no Surface Laptop aciona a IA do Copilot (Foto: Thássius Veloso/Tecnoblog)
Tecla do Copilot em um Surface Laptop (foto: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Se você usa uma versão atual do Windows 10 ou do Windows 11, precisa apenas pressionar “Windows + C” para o Copilot aparecer. Mas, pelo menos no Windows 11, esse atalho de teclado deixará de funcionar. A Microsoft quer que você use o botão dedicado do Copilot no lugar.

Sim, a tecla dedicada do Copilot só aparece em notebooks novos. Isso significa que você vai ter que comprar um computador novo para contar com essa comodidade (preferencialmente um Copilot+) ou, pelo menos, um teclado que tenha esse recurso.

Fim do atalho “Windows + C”

O Tom’s Hardware e outros veículos notaram que o atalho deixou de funcionar na build 22635.3785 do Windows 11 beta para participantes do programa de testes Windows Insider.

Poderia ser um bug, mas a própria Microsoft revelou que o atalho de teclado foi removido: “como parte da evolução da experiência do Copilot no Windows para torná-lo um aplicativo fixo na barra de tarefas, estamos removendo o atalho de teclado Win + C”.

Trata-se de uma decisão estranha, afinal, a presença do Copilot na barra de tarefas do Windows exige que o usuário use o mouse ou uma tela sensível a toques para acessar a inteligência artificial da Microsoft. O atalho de teclado é só uma alternativa de acesso.

Mas é possível que exista uma motivação simbólica por trás dessa decisão.

O novo Dell XPS 16 já tem botão para o Copilot (foto: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
O novo Dell XPS 16 já tem botão para o Copilot (foto: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Compre um PC novo

Os computadores classificados como Copilot+ são aqueles que têm recursos mínimos de hardware para execução local de determinadas funções de inteligência artificial (IA). O recurso mais importante para esse fim é a presença de uma NPU (Unidade de Processamento Neural).

É neste ponto que a tal motivação simbólica passa a fazer sentido: quem quiser usufruir desses recursos de IA precisa de um novo computador.

A maneira mais fácil de identificar esse tipo de máquina é justamente pela presença da tecla Copilot. Mesmo nos notebooks que não são Copilot+, esse botão só aparece em equipamentos novos.

Podemos presumir então que a Microsoft desativou o atalho de teclado para prestarmos mais atenção nesse botão e buscarmos uma máquina que o tenha.

Se o objetivo for mesmo esse, é pouco provável que a estratégia funcione. De todo modo, o atalho “Windows + C” deve ser desativado na versão final o Windows 11 até o fim do ano, a não ser que a Microsoft mude de ideia até lá.

Relacionados

Autor(a)

Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.