Instagram reduz preço e libera mais recursos para influenciadores

Creators agora podem adicionar imagens aos links de perfil. Novidade está disponível para acesso via smartphone.

Thássius Veloso
Por
• Atualizado há 3 semanas
Logo do Instagram com ícone do selo azul de verificado (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Nova assinatura concede selo de verificado por R$ 53,90 mensais (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Resumo
  • O Instagram reduziu o preço da assinatura do Meta Verified de R$ 55 para R$ 53,90 por mês no Brasil.
  • Influenciadores agora têm acesso a uma ferramenta que permite adicionar imagens na aba de links do perfil.
  • A atualização do Meta Verified alinha a ferramenta para criadores com novos planos de negócios em teste, de acordo com a empresa.

O Instagram decidiu reduzir o preço da assinatura do Meta Verified, que dá direito ao selo de verificado e a outros benefícios. Se você é adepto do serviço, provavelmente não perceberá no bolso: o valor caiu de R$ 55 para R$ 53,90 por mês.

Talvez mais importante do que isso, os influenciadores terão acesso a uma nova ferramenta que enriquece a visualização da página de perfil. A aba de links passa a mostrar também imagens. Dá para colocar uma foto grande e os ícones do TikTok, YouTube e Spotify, segundo exemplos postados na internet.

Print do Instagram com imagens na aba de links
Assinantes do Meta Verified podem incluir imagens na aba de links (Imagem: Reprodução/Jonah Manzano)

A Meta declarou ao Tecnoblog que a mudança “alinha melhor” a ferramenta para criadores aos novos planos de negócios que estão em fase de testes. Ainda de acordo com a empresa, esta versão do Meta Verified está disponível somente quando o acesso ocorre por dispositivo móvel.

Meta Verified é o nome do serviço pago oferecido pela Meta a quem busca funções avançadas dentro das redes sociais. Ele foi apresentado em junho de 2023 pelo preço fixado em R$ 55 (por rede social e por mês). Há duas semanas, o conglomerado de Mark Zuckerberg revelou que o WhatsApp também terá selo de verificado pelo mesmo valor. O anúncio foi feito num evento em São Paulo que teve a participação do Tecnoblog.

No vídeo abaixo, confira dados sobre o WhatsApp no Brasil

Com informações: Canal Jonah Manzano

Relacionados