Microsoft estaria preocupada com acordo entre OpenAI e Apple

Além da chegada de mais um concorrente ao mercado de IA, Microsoft teme impacto da base de usuários do iPhone e iPad em seus servidores

Giovanni Santa Rosa
Por
Sam Altman e Satya Nadella
Sam Altman e Satya Nadella juntos em 2019; CEOs tiveram uma reunião recentemente, segundo reportagem (Imagem: Divulgação / Microsoft)

Satya Nadella, CEO da Microsoft, e Sam Altman, CEO da OpenAI, tiveram uma reunião recentemente para discutir os impactos do acordo entre a desenvolvedora do ChatGPT e a Apple, segundo uma reportagem do site The Information. As fontes consultadas pela publicação afirmam que a Microsoft não ficou muito animada com o contrato.

A Microsoft é uma das principais investidoras da OpenAI, possuindo 49% da empresa. A OpenAI também é cliente da Microsoft, usando seus servidores para rodar os modelos de inteligência artificial. O acordo entre a OpenAI e a Apple pode significar mais dinheiro para a Microsoft. Nadella teria pedido uma parte dos lucros, em retorno ao investimento de US$ 13 bilhões feito na startup.

Tim Cook na WWDC 23
Tim Cook deve apresentar iOS 18 com mais recursos de IA na WWDC 24 (Imagem: Divulgação / Apple)

Por outro lado, a parceria também representa a chegada de vários novos usuários, donos de iPhones e iPads. Isto exigiria uma capacidade de processamento maior dos servidores da Microsoft, o que é um motivo de preocupação. Além disso, outro ponto que desagrada à desenvolvedora do Windows é que a Apple passaria a concorrer diretamente com a Microsoft no campo da inteligência artificial.

Conversas entre Apple e OpenAI começaram em 2023

As mesmas fontes ouvidas pela reportagem do The Information contam que a Apple procurou a OpenAI por volta de junho de 2023, na época da Worldwide Developers Conference (WWDC).

As duas empresas firmaram um acordo para que os funcionários da Apple tivessem acesso às APIs da OpenAI. Nos testes, os engenheiros criaram demonstrações de como a Siri poderia lidar com questões e pedidos mais complexos que o normal, incluindo entender melhor o contexto.

Siri, assistente virtual da Apple (Imagem: Omid Armin/Unsplash)
Siri ganha mais capacidade com API da OpenAI (Imagem: Omid Armin / Unsplash)

Segundo as fontes consultadas, a Apple está se concentrando em aumentar as capacidades da Siri, para que ela consiga dar respostas mais naturais e até mesmo traduções em tempo real.

Por outro lado, a Apple quer deixar claro para os usuários quando uma resposta for gerada pelo ChatGPT. A empresa bate muito na tecla de que vários recursos do iPhone não dependem da nuvem, o que significa que os dados do usuário não saem do dispositivo. Ao usar as APIs da OpenAI, esta situação muda, e o discurso de privacidade fica mais fraco.

Com informações: The Information, 9to5Mac

Relacionados