Moto G85 passa pela Anatel e pode chegar em breve ao Brasil

Celular intermediário com 5G da Motorola é homologado pela Anatel. Aprovação na Agência autoriza a fabricante a vender o Moto G85 no Brasil

Felipe Freitas
Por
Moto G85 teve renderizações vazadas (Imagem: Reprodução/Evan Blass)
Moto G85 é aprovado pela Agência e pode ser lançado em breve (Imagem: Reprodução/Evan Blass)

O Moto G85 foi homologado pela Anatel nesta semana e já pode ser vendido no Brasil. O celular intermediário da Motorola possui 5G e tem suporte para dois chips. Na documentação enviada à agência está uma foto do Moto G85 5G.

Antes dessa foto, apenas renderizações promocionais do Moto G85 foram divulgadas por leakers. A imagem do celular, presente no documento do selo da Anatel, mostra a parte frontal do Moto G85. Ele repete o design das gerações anteriores, com câmera de selfie localizada em um furo na tela.

Parte dos Moto G85 vendidos no Brasil serão fabricados aqui. Segundo o documento de conformidade técnica, a Motorola montará os celulares nas fábricas da Flextronics em Manaus e Jaguariúna.

Foto do Moto G85 na documentação da Anatel (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Foto do Moto G85 na documentação da Anatel (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Possíveis especificações do Moto G85 5G

Rumores mais recentes sugerem que o Moto G85 5G será equipado com um processador Qualcomm Snapdragon 6s Gen 3. Esse chip foi anunciado pela fabricante na última terça-feira (11). O SD 6s Gen 3 possui oito núcleos e clock máximo de 2,3 GHz.

O Moto G85 5G deve chegar com apenas uma configuração de memória: 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento. A tela pode crescer 0,2 polegadas em relação ao modelo passado, ficando assim com 6,67 polegadas.

Moto G85 deve ganhar um pequeno upgrade na lente ultrawide e dobrar resolução da câmera de selfie (Imagem: Reprodução/Evan Blass)
Moto G85 deve ganhar um pequeno upgrade na lente ultrawide e dobrar resolução da câmera de selfie (Imagem: Reprodução/Evan Blass)

O conjunto duplo de câmeras utilizará, segundo leakers, um sensor de 50 MP na lente principal e uma ultrawide de 9 MP. É esperado que a câmera para selfies ganhe um upgrade, saindo de 16 MP para 32 MP.

Já a bateria não deve mudar. Em maio, um leaker publicou que o Moto G85 5G continuará com bateria de 5.000 mAh e suporte para carregamento rápido de até 33 W. O documento de certificação garante que o celular sai de fábrica com carregador de 33W na caixa.

Com informações: Phone Arena e MySmartPrice

Relacionados