Versão nativa do Opera One para Windows com chip Arm já está disponível

Opera One nativo para computadores Windows com Arm tem até quatro vezes mais desempenho do que versão emulada do navegador

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 1 mês
Opera One para Windows com chip Arm (imagem: divulgação/Opera)
Opera One para Windows com chip Arm (imagem: divulgação/Opera)

O Opera One ganhou oficialmente uma versão nativa para computadores Windows equipados com chips de arquitetura Arm. Pudera: os primeiros notebooks Copilot+ com os processadores Snapdragon X serão lançados a partir de segunda-feira (17).

O Opera para Windows recebeu suporte para Arm em maio, mas em fase experimental. Agora essa versão é definitiva. Trata-se de uma medida importante para garantir que o navegador tenha o máximo de desempenho em PCs com Snapdragon X ou, eventualmente, com outros chips de arquitetura Arm.

Isso porque, sem um software nativo, o computador com chip Arm precisa executar uma versão desenvolvida originalmente para a arquitetura x86 por meio de emulação. Esse procedimento costuma funcionar bem no Windows 11, mas não são raros os casos em que o software emulado apresenta perda de desempenho ou erros.

Ganho de desempenho

O desenvolvimento de uma versão nativa também permite que o navegador tenha seu desempenho otimizado. De acordo com a Opera, a versão para Arm do Opera One está mais rápida e, ao mesmo tempo, demanda menos energia do que a versão para x86.

A Opera explica que, em benchmarks no Speedometer, a versão nativa para Arm apresentou quatro vezes mais desempenho em relação ao navegador emulado no mesmo computador.

Em parte, isso é resultado de um trabalho em conjunto da Opera com equipes da Microsoft App Assure e da Qualcomm Technologies.

Opera One para Windows com chip Arm (imagem: divulgação/Opera)
Opera One para Windows com chip Arm (imagem: divulgação/Opera)

O que é o Opera One?

O Opera One é um navegador lançado há pouco mais de um ano que traz uma interface reformulada em relação à versão anterior do browser. Seus principais atributos incluem as Ilhas de Guias, que organizam as abas abertas em grupos distintos.

Essa versão também tem integração com a Aria, inteligência artificial da Opera. Outros recursos envolvem design modular, VPN, controle de players de mídia e integração com serviços de mensagens, como WhatsApp e Telegram.

O Opera One pode ser baixado no site oficial. A página de download indicará a versão mais apropriada para o seu computador.

Relacionados