WhatsApp promete ligações melhores e mais estáveis com novo codec de áudio

Codec MLow oferece áudio de maior qualidade mesmo em smartphones antigos. App também vai ganhar novidades nas chamadas de vídeo.

Giovanni Santa Rosa
Por
Logotipo do WhatsApp
WhatsApp apresentou também novidades nas chamadas de vídeo (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

O WhatsApp anunciou que passará a usar o codec de áudio MLow nas chamadas feitas pelo aplicativo. Ele foi desenvolvido desde 2021 pela própria Meta. A empresa promete que as ligações ficarão melhores e mais confiáveis, com cancelamento de ruído e menor perda de informações quando a conexão está ruim.

O MLow é uma evolução do Encodec, também criado pela empresa e apresentado em outubro de 2022. Ambos usam inteligência artificial e machine learning, como é comum hoje em dia. A principal diferença é que o Encodec é mais pesado e só pode ser executado em aparelhos de topo de linha.

Ilustração exibe ícones de ligação por voz e chamada de vídeo no WhatsApp
WhatsApp permite realizar chamadas de voz e vídeo pelo celular ou PC (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Esta limitação é um problema. A empresa afirma que, todos os dias, dezenas de milhões de chamadas por WhatsApp são feitas usando aparelhos com mais de dez anos de lançamento. Por isso, o Encodec não era utilizado — a Meta preferia o codec Opus, de código aberto, lançado em 2012.

Em um texto publicado em seu blog de engenharia, a Meta diz que o MLow tem complexidade computacional 10% menor que o Opus e consegue entregar melhor qualidade de áudio.

Nos testes, Opus e Low tiveram notas parecidas quando o bitrate está entre 15 e 25 kbps. Abaixo disso, o MLow se sai bem melhor, além de oferecer uma opção com menos de 5 kbps. A Meta diz que os bitrates pequenos são importantes nas chamadas de vídeo. Elas usam muita banda, e quando a conexão está ruim, o áudio acaba sendo sacrificado.

Gráfico comparativo dos codecs de áudio MLow e Opus. O eixo x tem diferentes bitrates e o eixo y tem a nota da qualidade de áudio. O codec Opus tem notas muito mais baixas nos menores bitrates.
MLow oferece mais qualidade e opção de bitrate menor (Imagem: Divulgação / Meta)

Nos áudios de referência disponibilizados pela empresa, o som do MLow parece mais natural e fácil de entender do que o Opus. Em um dos exemplos, a empresa simula uma perda de 30% dos pacotes de dados recebidos. Nessas condições, o MLow fica menos cortado e com menos oscilações que o Opus.

Novidades para chamadas de vídeo no WhatsApp

Além do novo codec, a Meta anunciou mais recursos para ligações de áudio e vídeo. Eles devem ser liberados nas próximas semanas.

  • Compartilhamento de tela com áudio, que a empresa diz ser “ideal para assistir a vídeos juntos”.
  • Chamadas de vídeo com 32 pessoas, que já estavam disponíveis para Android e iOS, chegarão também a Windows e macOS. Antes, o limite para estas plataformas era de 16 e 8 participantes, respectivamente.
  • A pessoa que estiver falando receberá destaque na chamada de vídeo.

Com informações: TechCrunch

Relacionados