Windows 11 tem irritado usuários com backup forçado no OneDrive

Novas instalações do Windows 11 vem ativando modo de backup automático no OneDrive por padrão, sem autorização do usuário

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 3 semanas
Logotipo do Windows 11
Windows 11 tem irritado usuários com backup forçado no OneDrive (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Backup é importante, só não precisa ser uma prática forçada. Mas é isso o que vem acontecendo com usuários do Windows 11. Sem alarde, a Microsoft tem feito o sistema operacional gerar cópias de segurança de pastas no OneDrive sem o usuário solicitar.

Para ser exato, o Windows 11 tem sincronizado com o OneDrive arquivos armazenados em pastas como Imagens, Documentos, Música e Vídeos, que são nativas do sistema operacional.

Isso em instalações novas, que exigem uma conta Microsoft para login — está cada vez mais difícil instalar o Windows 11 usando apenas uma conta de usuário local.

Em linhas gerais, o backup automático no OneDrive funciona bem, afinal, o procedimento é realizado em segundo plano e permite recuperação dos dados de maneira descomplicada.

Mas, se isso é feito sem o aval do usuário, os transtornos podem ser grandes. Com o passar do tempo, o usuário pode ficar sem espaço no OneDrive, ter dificuldades para achar determinado arquivo no serviço ou notar um aumento no tráfego de dados, por exemplo.

Não por acaso, essa situação tem gerado reclamações de usuários nas redes sociais e em plataformas como o Reddit.

Como aponta o Neowin, muitos usuários só percebem o que está acontecendo quando tentam descobrir o que é a marca verde que aparece em determinadas pastas e arquivos. Trata-se justamente do sinal que indica que aquela pasta ou arquivo foi sincronizado com o OneDrive.

Como desativar o backup automático

Desativando o backup automático no OneDrive (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Desativando o backup automático no OneDrive (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Felizmente, é possível desativar o backup automático. Basta abrir o aplicativo do OneDrive na barra de tarefas com o botão direito do mouse. Em seguida, vá em Configurações / Sincronizar e fazer backup / Gerenciar backup. Ali, desative todas as pastas locais que não devem ser sincronizadas com o serviço.

A configuração é fácil de ser executada, mas o ideal seria esse recurso ser ativado somente por decisão do usuário, por meio de uma pergunta direta durante as etapas de configuração do Windows 11, por exemplo.

Se você prefere uma solução mais radical, saiba que o OneDrive pode ser desinstalado a partir da opção “Adicionar ou remover programas” do sistema operacional.

Relacionados