Início / TB Responde / Saúde /

Ajuste sua estação de home office e receba 10 em ergonomia

Confira dicas importantes de ergonomia, entenda como aplicá-las em seu home office e deixe seu local de trabalho confortável e acolhedor

Paula Alves

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Quem trabalha em casa, em frente ao computador, pode encontrar dificuldades em montar um ambiente de trabalho confortável. Afinal, além da postura ideal, que ajuda a evitar dores e problemas futuros, alguns itens também são importantes para que seu setup se torne o mais saudável e acolhedor possível. Para que você consiga deixar sua estação de trabalho nota 10, confira algumas dicas essenciais de ergonomia e veja como aplicá-las em seu home office.

Ajuste sua estação de home office e receba 10 em ergonomia / Foto de Ken Tomita no Pexels
Estação de home office (Imagem: Foto de Ken Tomita no Pexels)

O que é ergonomia

Entender o conceito de ergonomia e como aplicar os seus princípios no ambiente de trabalho é fundamental para o conforto e saúde de um profissional, especialmente se o trabalhador em questão realiza sua função de casa e precisa ele mesmo montar seu espaço de trabalho.

Dito isso, segundo a estudante de fisioterapia Ana Paula Secolo, “a ergonomia pode ser definida como a ciência que estuda a relação do ser humano com outros elementos do ambiente de trabalho e de sua profissão”. O que, na prática, quer dizer que ela é um termo amplo usado para falar sobre tudo aquilo que visa melhorar o bem-estar, desempenho e desenvolvimento de um trabalhador em seu espaço de atividades profissionais.

Para se ter ideia, essas condições de trabalho são tão importantes e necessárias que são até mesmo respaldadas pela lei: a Norma Regulamentadora nº 17 define os requisitos necessários que devem ser seguidos pelos empregadores, garantindo assim que um ambiente seja o mais propício e confortável possível para os seus funcionários.

Teclado ergonômico da Logitech (Imagem: Patrick Capanale/Unsplash)

Condições ideais de ergonomia no home office

Mas e quando trabalhamos home office e somos nós mesmos quem precisamos criar um setup confortável e acolhedor? Como implementar condições de trabalho ideais com os recursos disponíveis?

Para começar, sentarmos com uma postura adequada na mesa de trabalho, especialmente se ficamos muito tempo em frente ao computador, é essencial para evitar dores pontuais ou problemas como esforço repetitivo e síndrome do túnel do carpo.

Ana Paula dá como dicas sempre checar se os cotovelos estão paralelos ao teclado, se o pescoço ou mesmo o corpo não estão excessivamente inclinados, se os pulsos estão em posição reta e se os pés se encontram paralelos ao chão. Nesse último caso, aliás, se a posição não puder ser alcançada por meio da regulagem da cadeira, devem entrar em cena os famosos apoios de pés, que são indispensáveis para evitar dores na lombar e até mesmo varizes!

Além disso, a própria mesa de trabalho é um item muito importante nesse processo, já que sua posição e altura devem ser ajustadas ao físico de cada um. Como aliada, é importante escolher com carinho uma boa cadeira. Opte por uma que tenha encosto com apoio para a lombar, inclinação, mobilidade e bom material.

Requisitos de uma cadeira de escritório ergonômica (Imagem: Reprodução/ErgoPlus)
Requisitos de uma cadeira de escritório ergonômica (Imagem: Reprodução/ErgoPlus)

Já quando o assunto diz respeito ao uso do computador ou notebook, ou seja, as telas que serão o maior foco da nossa atenção durante o home office, Ana Paula lista uma série de medidas simples de ergonomia que devem ser adotadas durante o seu uso.

A primeira delas é sobre não ficar grudado na tela: o ideal, segundo a estudante, é “posicionar a máquina a uma distância entre 45cm e 70cm da linha de visão”, o que talvez exija que você precise de um suporte para que o computador possa ser ajustado à altura ideal.

Além disso, uma tela anti-reflexo ajuda a descansar a visão, bem como fazer pausas de tempos em tempos e focar sua atenção em outros objetos ou atividades. “Fazer alongamentos, ouvir música, ler alguma coisa… Tudo isso ajuda a promover o relaxamento durante as pausas”, explica Ana Paula.

Periféricos como mouse e teclado também têm sua relevância quando falamos de ergonomia no home office. Além de minimizar a tensão muscular e reduzir o esforço, esses acessórios vão te ajudar a aumentar sua produtividade. 

Não tenho um setup ideal: o que fazer?

Seja por falta de espaço ou condições financeiras, é mais do que compreensível que nem sempre consigamos alcançar todas essas condições e itens ideais em nosso local de trabalho. Nesses casos, independente do que não pôde ser colocado em prática, existem algumas medidas que podem ser adotadas para ajudar a melhorar a ergonomia do nosso home office.

Entre elas, Ana Paula destaca a atividade laboral e a importância de nos levantarmos de tempos em tempos para nos alongarmos. “Não devemos ficar sentados por grandes períodos de tempo. O ideal é sempre que possível fazermos pausas, trocarmos de postura e tornarmos a ginástica laboral uma prática frequente no nosso dia a dia”, pontua.

Além disso, a estudante relembra um ponto nem sempre comentado, mas que também faz grande diferença para a nossa estação de trabalho: torná-la a mais calorosa possível, a humanizando com objetos que nos façam sentir bem. Afinal, bons itens e máquinas são importantes para um bom serviço, mas o toque e a personalidade de cada um são o que tornam um ambiente de fato acolhedor.