Como funciona o feed do Instagram

Veja como funciona o feed do Instagram e entenda razão de certos perfis e postagens não aparecerem para você

Victor Hugo Silva
Por

O feed do Instagram é um dos pilares da rede social e já passou por diversas mudanças, desde quando resolveram deixar a ordem cronológica de lado e apostar em ordenar fotos e vídeos pela relevância. Como as mudanças no algoritmo da plataforma não param e periodicamente algumas regras mudam é importante entender como o feed do Instagram funciona.

Veja como colocar música na foto do Instagram (Imagem: Prodeepahmeed/Pixabay)
Veja como colocar música na foto do Instagram (Imagem: Prodeepahmeed/Pixabay)

Buscando se tornar um pouco mais transparente, o Instagram informa que não oculta publicações — exceto as que infringirem suas regras — e permite que você veja todas se continuar rolando o feed.

No entanto, a rede social utiliza aprendizado de máquina (machine learning) para criar um feed do Instagram totalmente diferente mesmo que duas pessoas sigam as mesmas contas. Para ordenar as publicações, três fatores são considerados:

  • interesse: o algoritmo se baseia em suas interações do passado e em um processo de visão computacional que indica como você lidou com posts que tinham um conteúdo parecido;
  • novidade: os posts mais recentes levam vantagem em relação aos mais antigos;
  • relacionamento: sua proximidade com o autor da publicação, com maior prioridade para as pessoas com quem você interagiu com comentários e marcações em outros posts.

Além disso, outros critérios influenciam como fotos são ordenadas. O primeiro deles se relaciona com a frequência com que você usa o Instagram. Nesse caso, o aplicativo tentará mostrar as melhores fotos e vídeos publicados desde a última vez que você o abriu.

Em seguida, o algoritmo analisa a quantidade de contas que você segue. Quanto mais pessoas você acompanha, menos fotos você verá de cada uma. Por fim, está o tempo de uso, que ajuda a rede social entender se você acompanha poucas fotos por vez ou se passa muito tempo no aplicativo.

Em resumo, os algoritmos do Instagram trabalham baseados no seu engajamento com a rede e os perfis. Entretanto, existem outros fatores que ajudam a definir o que aparece no seu feed: 

  • O tempo gasto em um determinado post;
  • A frequência com que você comenta em posts de um perfil ou tema;
  • O tipo de conteúdo que você costuma salvar;
  • Se você costuma clicar no perfil do usuário após ver uma postagem.

Para criadores, o principal objetivo deve ser criar conteúdos que promovam a interação de sua comunidade para que as publicações sejam prioridade no feed das pessoas, enquanto para usuários comuns, a melhor iniciativa é interagir com postagens e perfis que tenha mais interesse para que esses conteúdos apareçam com mais frequência em seu feed.

Com informações: Instagram

Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Relacionados

Relacionados