Início / TB Responde / Celular /

O que considerar ao escolher um mouse ergonômico

Saúde, produtividade, conforto, durabilidade; o que considerar ao escolher um mouse ergonômico para jogar ou trabalhar

Por

Antes poderia ser um luxo, mas o trabalho diante dos computadores e o home office ampliaram o número de problemas pelo posicionamento do mouse. Veja abaixo, o que considerar ao escolher um mouse ergonômico para neutralizar o desgaste físico durante as longas horas de exposição ao uso do periférico. Trackball e pegada neutra são os conceitos mais buscados para essa modalidade de mouses.

Como escolher um mouse ergonômico? (Imagem: Kelly Sikkema/Unsplash)
Como escolher um mouse ergonômico? (Imagem: Kelly Sikkema/Unsplash)

Por que um mouse ergonômico?

Um caso para quem está sentindo dor no pulso, no ombro ou está sendo proativo e quer prevenir problemas como LER, ombro congelado e síndrome do túnel do carpo antes que eles se manifestem. O artigo irá ajudar a levantar os pontos cruciais para encontrar o mouse ergonômico correto para as necessidades individuais.

Existem muitos tipos diferentes de mouses para escolher, e isso pode ser confuso no início. Em um primeiro olhar, podem parecer muito diferentes de um mouse normal, mas não se preocupe. Como regra geral, são mais fáceis de usar e todos ajudam a trabalhar longas horas com menos esforço e dor.

O que levar em conta para escolher

Os diversos tipos de mouse ergonômicos possuem características diferentes, mas todos auxiliam a reduzir esforços e pontos de pressão sobre pulsos e ombros. Antes de qualquer coisa deve-se pensar no seu próprio conforto, o tamanho correto do mouse é aquele que cabe na palma da sua mão e pode ter os botões pressionados sem a necessidade de retrair os dedos.

Passando desse ponto básico para escolha de qualquer mouse, seja ergonômico ou não, vamos observar os fatores que podem ser levados em conta na hora da decisão de compra.

Peso do mouse

Não é bom segurar o mouse com muita força. Isso coloca uma tensão desnecessária na mão e pulso. Segure levemente o mouse enquanto o rola sobre a superfície do mouse. Caso seja muito pesado e exija esforço, evite-o.

Pegada neutra e linha do cotovelo

É importante manter seu pulso em uma postura neutra — sem torção —, então passe o mouse pelo cotovelo. Se por acaso usar o pulso como ponto de articulação, os micromovimentos tirarão o pulso de uma postura neutra. Um modelo que não precise ficar movimentando só o pulso será útil.

Mão repousada

O tamanho correto do mouse ajuda a deixar o peso sobre ele, o estresse de contato na parte inferior do pulso é um problema comum com a maioria dos mouses de computador. Minimize isso o máximo que puder para proteger seu pulso. O estresse da parte inferior também prejudica a circulação, ampliando a chance de lesões.

Modelos de mouses ergonômicos

Mouse vertical

Um mouse vertical simplesmente funciona apoiando a mão em uma postura neutra e ereta que elimina a torção do antebraço. Ao segurar o braço em uma posição de aperto de mão em vez da tradicional posição torcida, você está ajudando a reduzir a pressão no pulso. É um excelente modelo para pessoas com tendinite e problemas específicos no pulso. Alguns modelos permitem a customização do ângulo de inclinação.

Modelo de mouse vertical (Imagem: Logi/Divulgação)
Modelo de mouse vertical (Imagem: Logi/Divulgação)

Roller bar

Precisa de mais espaço físico, mas neutraliza movimentos com o ombro. A roller bar simplesmente fica em frente ao teclado e, quando rola a barra, o cursor se move de acordo. Por exemplo, role a barra para frente e o cursor irá subir, mova a barra para a esquerda e o cursor se moverá para a esquerda.

O uso de uma barra giratória elimina qualquer sobreaquecimento que normalmente ocorre ao usar um mouse comum. Mover um mouse regular cerca de 1000 vezes por dia pode causar dor no ombro. Um roller bar coloca o usuário em uma posição neutra alinhada, o que ajuda a eliminar o uso excessivo dos ombros.

Ter uma barra central significa que você também pode compartilhar a carga de trabalho com ambas as mãos ou com os dedos diferentes movendo a barra. Você pode clicar com o botão esquerdo pressionando a barra ou simplesmente usar os botões na frente do mouse, que também incluem botões úteis para copiar e colar.

Modelo de Rollermouse ou Rollerbar (Imagem: Contour/Divulgação)
Modelo de Rollermouse ou Rollerbar (Imagem: Contour/Divulgação)

Trackball

Independente do modelo, a ideia é a mesma, mouse parado e movimentos com os dedos para movimentar a esfera. Um mouse Trackball utiliza uma bola que é movimentada no local para mover o cursor pela tela. A esfera pode ser lateral para movimentos com o polegar, ou central para a ponta dos dedos.

Todos ficam em uma posição estacionária, de modo que não move-se o braço em volta do local constantemente para controlar o cursor. Em vez disso, são feitos movimentos menores com os dedos no trackball para movimentar o cursor.

Modelo de mouse trackball central (Imagem: Kensington/Divulgação)
Modelo de mouse trackball central (Imagem: Kensington/Divulgação)

Os mouses de esfera central, normalmente, contém uma roda em torno da bola que pode ser girada para funcionar como a roda de rolagem (scroll). Sua vantagem é que pode ser usado com qualquer uma das mãos, enquanto os demais modelos precisam de especificação para destro ou canhoto.

Com informação: Ergonomic essentials, Ergo-plus.