Início / TB Responde / Finanças /

O que é ICO?

Saiba o que é ICO; entenda também como funciona e os perigos desse sistema de arrecadação de fundos no mercado de criptomoedas

Wagner Pedro

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O interesse por criptomoedas vem crescendo a cada ano. Uma palavra comum nesse mercado é a ICO, que arrecada fundos para viabilizar a criação de novas moedas digitais. Mas, afinal, o que é ICO? Abaixo, vou te explicar mais detalhes sobre o termo e mostrar como funciona esse tipo de campanha.

A oferta inicial de moedas, ou ICO (Initial Coin Offering), é um meio pelo qual uma empresa consegue arrecadar fundos para criar uma nova criptomoeda.
O que é ICO? (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A oferta inicial de moedas, ou ICO (Initial Coin Offering), é um meio pelo qual uma empresa consegue arrecadar fundos para criar uma nova criptomoeda. Essa prática costuma ser usada por startups para evitar o rigoroso processo de captação exigido por bancos e investidores de risco.

Como funciona

A ICO inicia com a empresa criando um documento (white paper) que detalha como o projeto funcionará, quanto dinheiro é necessário e por quanto tempo a campanha será executada, por exemplo — outras ideias podem ser apresentadas em um site. Em seguida, ela solicita o investimento e envia uma porcentagem da criptomoeda aos compradores.

Uma ICO é semelhante a uma IPO, com algumas diferenças claras. A IPO lida com investidores que terão uma participação acionária na empresa, enquanto a ICO foca em entusiastas interessados em investir em um novo projeto, como em um crowdfunding.

No entanto, o investimento em uma ICO não resulta em qualquer participação acionária na empresa solicitante. Na verdade, se trata basicamente de uma aposta, onde o investidor espera que aquela moeda aumentará de valor e será rentável no futuro.

Perigos de uma ICO

Qualquer um pode lançar uma ICO, pois ainda há pouca regulamentação sobre o assunto. Isso significa que, se a pessoa conseguir configurar a tecnologia, ela pode tentar arrecadar investimentos tranquilamente.

Portanto, é preciso ter muito cuidado antes de realizar qualquer doação. Ler o white paper, pesquisar os membros da equipe e verificar se eles têm um histórico em criptomoedas, por exemplo, são passos essenciais para evitar golpes.

Observação: o artigo tem caráter informativo, não sendo uma recomendação de investimento do Tecnoblog.

Com informações: Investopedia.