O que é social listening?

Compreender o que os clientes falam é algo importante hoje em dia, pois ajuda a direcionar a marca; saiba o que é social listening

Ricardo Syozi
Por

As redes sociais têm um nível de relevância enorme no contexto de marketing digital. Qualquer marca ou empresa que não faz parte desse meio de maneira ativa está perdendo a chance de se conectar com as pessoas e entender o contexto diário de suas palavras. É a partir daí que o conceito de social listening ganha cada vez mais espaço, pois presta atenção no momento da marca. Venha comigo para entender melhor sobre o assunto.

O que é social listening

É o conceito de acompanhar e entender tudo o que é falado sobre a marca ou a empresa dentro da internet, desde redes sociais a artigos, matérias, vídeos, etc.
Definição de social listening (Imagem: Tecnoblog)

Não basta apenas postar no Twitter ou TikTok para que as pessoas conheçam a sua marca. Em tempos modernos nos quais o conteúdo da internet é extremamente relevante, ser visto e reconhecido não garante vendas ou destaque. É preciso prestar atenção sobre o que falam de sua marca para definir um direcionamento e agir no tempo certo.

É aí que entra o processo de social listening, pois ele auxilia em compreender o que as pessoas pensam e dizem sobre a companhia, seus serviços e produtos. Assim, é possível estudar intenções e padrões por parte do consumidor, permitindo que a marca reaja menos e passe a agir mais.

Para isso, é preciso fazer uso de ferramentas.

Separei dois exemplos comuns:

  • Hootsuite Insights: Com um nível de dificuldade bem baixo para um uso diário, essa ferramenta permite o monitoramento de menções e tendências em tempo real;
  • Tweetdeck: Focada no Twitter, esse aplicativo permite monitorar diversas contas simultaneamente, assim é possível encontrar menções e mensagens assim que elas surgirem.

A partir do momento em que a marca consegue prestar atenção em tudo o que é dito sobre ela pela internet, ela passa a responder de forma inteligente a reclamações, indagações ou postagens mais casuais. Porém, cuidar do social listening não é a mesma coisa que monitorar as redes sociais.

Social listening x Monitoramento de redes sociais

Por mais similaridades que ambos tenham, há diferenças importantes, em especial na forma de agir. Como o próprio nome diz, a parte do monitoramento é focada em prestar atenção o tempo todo sobre tudo o que é dito sobre a marca nas redes sociais e internet em si. Dessa forma, esse trabalho é focado na reação, pois acaba sempre agindo sobre o que é postado.

O social listening também presta atenção nas menções pela internet, porém o trabalho pega essas informações e tenta enxergar de uma forma mais ampla como a marca é vista pelas pessoas. É a partir dele que novas decisões são tomadas como a produção de campanhas, por exemplo.

Até mesmo na forma das postagens por parte de grandes marcas, é possível notar o dedo de ambos trabalhos.

O Burger King Brasil, por exemplo, está sempre focando suas atenções para um público mais jovem. Seu monitoramento das redes é sagaz e usa um linguajar moderno como pode ser visto na imagem abaixo:

social listening
Tweet do Burger King Brasil (Imagem: Reprodução)

A partir de reações e respostas como essa, uma companhia consegue conhecer melhor o seu público e ter uma percepção mais coerente do que é esperado da marca. Por isso, preciso mencionar mais uma vez o Burger King Brasil. A empresa, entendendo como pensa o seu principal público, passou a patrocinar a equipe de eSports Loud, que tem uma grande exposição com o mesmo público jovem que consome os lanches da empresa.

Com isso em mente, fica mais fácil entender a necessidade tanto do monitoramento das redes sociais quanto do social listening, pois eles acabam se complementando de uma forma ou de outra.

Ficou faltando alguma informação pertinente sobre o assunto? Deixe a sua opinião em nossa comunidade!

Com informações: ClaraBridge.

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Relacionados

Relacionados