Início / TB Responde / Jogos /

Todos os jogos de Fire Emblem: conheça a cronologia da franquia

Trazendo batalhas em turnos, personagens e histórias memoráveis, Fire Emblem é uma série que começou em 1990; conheça cada título

Ricardo Syozi

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Com o primeiro título lançado para o Famicom (NES japonês) em 1990, a franquia de jogos Fire Emblem da Nintendo passou por diversos consoles da empresa ao longo dos anos. Curtir as dezenas de personagens, o sistema de batalha por turnos e os caminhos da narrativa são marcas dos títulos. Como um fã da série, separei cada game lançado em ordem cronológica para você conhecer. Confira abaixo.

jogos fire emblem
Path of Radiance é o meu jogo favorito da série (Imagem: Divulgação)

1. Fire Emblem: Shadow Dragon and the Blade of Light

Jogos Fire Emblem
O jogo chegou ao Switch em 2020 (Imagem: Divulgação)

O primeiro game de toda a série chegou para o Famicom (NES japonês) e por lá ficou por anos. Assim como a maioria dos jogos, foi desenvolvido pela Intelligent Systems. Sua história se passa no continente de Archanea e coloca o protagonista Marth em busca de uma espada sagrada para derrotar o vilão Gharnef e resgatar sua irmã. Sua localização oficial ocorreu em 2020 por um período limitado para o Nintendo Switch.

  • Data de lançamento original: 20 de abril de 1990
  • Plataformas: Famicom, Nintendo Switch

2. Fire Emblem Gaiden

Fire Emblem Gaiden
Arte do jogo original (Imagem: Divulgação)

Se passando no mesmo mundo do jogo original, a história ocorre no continente de Valentia. Dois exércitos se preparam para uma guerra que tem como centro o relacionamento da princesa Celica e seu amigo de infância Alm. Além das batalhas em turnos em mapas, a novidade dessa empreitada foram os momentos de exploração pelo mundo com aquele jeito de RPG mais tradicional.

  • Data de lançamento original: 14 de março de 1992
  • Plataforma: Famicom

3. Fire Emblem: Mystery of the Emblem

Fire Emblem: Mystery of the Emblem
Capa japonesa do game (Imagem: Divulgação)

O primeiro jogo da série a chegar ao console de 16 bits da Nintendo traz uma história dividida em duas partes. A preliminar é basicamente um remake do game original de Famicom, enquanto a segunda segue os acontecimentos seguintes. O foco é o relacionamento de Marth com seu antigo amigo Hardin que se tornou rei de Archanea e agora está expandindo seu reino pelo continente.

  • Data de lançamento original: 21 de janeiro de 1994
  • Plataforma: Super Famicom

4. Fire Emblem: Genealogy of the Holy War

Fire Emblem: Genealogy of the Holy War
O protagonista da aventura se chama Seliph (Imagem: Divulgação)

Com uma história contada entre duas gerações, essa empreitada nos jogos Fire Emblem oferece o mesmo estilo de jogabilidade que já estava consolidado na época. O foco é a busca por vingança do personagem Seliph pela morte de seu pai. O sistema de triângulo de armas (espada, lança e machado) foi introduzido nesse título, algo que mudou a franquia para sempre.

  • Data de lançamento original: 14 de maio de 1996
  • Plataforma: Super Famicom

5. BS Fire Emblem: Archanean War Chronicles

Jogos Fire Emblem
Tela inicial do jogo (Imagem: Reprodução)

O único game da franquia lançado para o sistema de internet do Super Famicom chamado Satellaview (exclusivo do Japão). O título traz quatro episódios que não são muito mais do que mapas no mundo de Archanea. Cada parte traz personagens jogáveis como Marth, Nyna e Hardin, nomes presentes em aventuras anteriores dos jogos Fire Emblem.

  • Data de lançamento original: 28 de setembro de 1997
  • Plataforma: Satellaview

6. Fire Emblem: Thracia 776

Fire Emblem: Thracia 776
Capa original japonesa (Imagem: Divulgação)

Introduzindo novos elementos que se tornariam padrão nos jogos Fire Emblem, Thracia 776 foi o último título no qual Shouzou Kaga (o criador da franquia) trabalhou. A narrativa coloca o protagonista Leif que se vê desesperado depois que sua vila é destruída e seus amigos são raptados. É claro que ele segue em uma jornada de vingança e resgate. Em minha opinião, este é um dos games com a história mais intensa de toda a série.

  • Data de lançamento original: 21 de janeiro de 2000
  • Plataforma: Super Famicom

7. Fire Emblem: The Binding Blade

Fire Emblem: The Binding Blade
Roy é o protagonista da aventura (Imagem: Divulgação)

Se passando no continente de Elibe, a aventura foca na jornada de Roy que precisa se tornar um líder e guerreiro após seu pai, Eliwood, ficar doente. O garoto passa a comandar um exército contra os guerreiros do Rei Zephiel que deseja dominar todo o mundo. Este é o primeiro título lançado para um console portátil da Nintendo.

  • Data de lançamento original: 29 de março de 2002
  • Plataforma: Game Boy Advance

8. Fire Emblem

Jogos Fire Emblem
O jogo é também conhecido como The Blazing Blade (Imagem: Divulgação)

O primeiro jogo da série Fire Emblem a ser lançado fora do Japão traz um trio de protagonistas que se veem em meio a uma conspiração dentro do continente de Elibe. Lyn, Hector e Eliwood viajam por vários locais enfrentando inimigos e juntando novos companheiros. A narrativa se passa 20 anos antes de The Binding Blade. No Japão, o game tem o subtítulo de The Blazing Blade.

  • Data de lançamento original: 25 de abril de 2003
  • Plataforma: Game Boy Advance

9. Fire Emblem: The Sacred Stones

The Sacred Stones
Capa oficial do jogo de Game Boy Advance (Imagem: Divulgação)

Introduzindo novos personagens no inédito continente de Magvel, essa empreitada coloca dois irmãos em um combate contra o império de Grado que quer destruir as pedras sagradas das cinco nações. Aparentemente o objetivo é o de despertar um demônio antigo, mas ao longo da aventura, surpresas surgem que podem mudar tudo. Aqui vale uma opinião: este é um excelente título de porta de entrada para novatos nos jogos Fire Emblem.

  • Data de lançamento original: 7 de outubro de 2004
  • Plataforma: Game Boy Advance

10. Fire Emblem: Path of Radiance

Path of Radiance
Ike enfrentando o Black Knight (Imagem: Divulgação)

A primeira aventura da franquia no Nintendo GameCube chegou sem muito marketing, mas trouxe personagens e animações apaixonantes. Jogamos com o mercenário Ike após a perda de seu pai. Agora ele deve liderar um grupo de guerreiros para devolver o trono à herdeira de Crimea, Princesa Elincia. A trilha sonora é incrível, as reviravoltas da narrativa são de aplaudir e a jogabilidade é muito refinada. Um jogão, sem dúvida.

  • Data de lançamento original: 20 de abril de 2005
  • Plataforma: GameCube

11. Fire Emblem: Radiant Dawn

Radiant Dawn
A protagonista Micaiah (Imagem: Divulgação)

Sequência direta de Path of Radiance, essa obra chegou ao Nintendo Wii oferecendo muitas das mesmas características enquanto introduziu novos personagens e músicas. A trama segue os acontecimentos do jogo anterior, apresentando os lados que uma mudança pode trazer e suas consequências. Vale o destaque para as vozes dubladas em inglês que são primorosas.

  • Data de lançamento original: 22 de fevereiro de 2007
  • Plataforma: Wii

12. Fire Emblem: Shadow Dragon

Shadow Dragon
Capa americana de Shadow Dragon (Imagem: Divulgação)

Um completo remake do primeiro jogo da franquia Fire Emblem chegou para o Nintendo DS seguindo o sucesso dos lançamentos anteriores no ocidente. A história é exatamente a mesma, já a jogabilidade faz uso das duas telas do portátil para administração de recursos e unidades na jogatina. É claro que gráficos e sons também tiveram suas repaginadas.

  • Data de lançamento original: 7 de agosto de 2008
  • Plataforma: Nintendo DS

13. Fire Emblem: New Mystery of the Emblem

New Mystery of the Emblem
O jogo ainda é exclusivo do Japão (Imagem: Divulgação)

Dessa vez, o jogo que recebeu um remake foi Fire Emblem: Mystery of the Emblem de Super Famicom. Essa versão traz muitos elementos de jogabilidades de Shadow Dragon, com a segunda tela do DS sendo usada constantemente. A história é a mesma, mas a principal novidade é a adição dos quatro mapas do título de Satellaview BS Fire Emblem: Archanean War Chronicles.

  • Data de lançamento original: 15 de julho de 2010
  • Plataforma: Nintendo DS

14. Fire Emblem Awakening

Com uma enorme aceitação de crítica e público, essa empreitada no console 3D da Big N introduziu novidades em sua jogabilidade como DLC e relacionamento amoroso entre personagens. A trama se passa dois mil anos após o primeiro jogo.

O protagonista se chama Chrom, o príncipe de Ylisse. Ao lado de seus soldados, ele resgata uma pessoa que ficará ao seu lado durante uma iminente guerra. A partir daí, viagem temporal e descobertas incríveis ocorrem em sua jornada.

  • Data de lançamento original: 19 de abril de 2021
  • Plataforma: Nintendo 3DS

15. Fire Emblem Fates

Oferecendo pela primeira vez na série de jogos Fire Emblem um sistema similar a Pokémon, Fates foi vendido como três versões que traziam diferenças entre si: Birthright, Conquest e Revelations. Cada uma tem suas peculiaridades, além de personagens que se encontram nas campanhas. A premissa coloca o jogador em meio a uma guerra entre dois reinos: o que ele nasceu e o que vive há anos.

  • Data de lançamento original: 25 de junho de 2015
  • Plataforma: Nintendo 3DS

16. Fire Emblem Echoes: Shadows of Valentia

Funcionando como um remake de Fire Emblem Gaiden, Echoes coloca os protagonistas e amigos Alm e Celica em lados opostos em uma grande guerra. Além das batalhas em turnos em mapas fechados, o jogo também faz uso de momentos de exploração em dungeons e locais mais comuns. Por causa do poder do console portátil, há melhorias empolgantes de gráficos e sons.

  • Data de lançamento original: 20 de abril de 2017
  • Plataforma: Nintendo 3DS

17. Fire Emblem Heroes

O único jogo da série que é totalmente free-to-play, Fire Emblem Heroes traz um enorme elenco de toda a série em mapas e batalhas por turno. Mesmo sendo um spin-off, o título tem uma narrativa própria dividida em capítulos. Para adquirir novos guerreiros para seu exército, o jogador pode usar dinheiro de verdade ou orbs, a moeda do game.

  • Data de lançamento original: 2 de fevereiro de 2017
  • Plataforma: Android, iOS

18. Fire Emblem Warriors

Misturando vários personagens que deram as caras nos jogos Fire Emblem, esse título trouxe o gênero “musou” de Dinasty Warriors à série da Nintendo. Com uma narrativa que envolve dois irmãos gêmeos e um príncipe que precisam defender o reino contra monstros, a obra é intensa e não traz nada de batalhas em turnos. Vale lembrar que a versão portátil é exclusiva da versão “New” do 3DS.

Esse é o único título de toda a franquia que não tem a Intelligent Systems como desenvolvedora principal. As equipes da Omega Force e da Team Ninja são as que comandaram o jogo.

  • Data de lançamento original: 28 de setembro de 2017
  • Plataforma: Nintendo Switch, New Nintendo 3DS

19. Fire Emblem: Three Houses

Exclusivo de Switch, Three Houses apresenta uma novidade ao sistema da série: há três opções de caminhos e personagens que podem ser selecionados desde o começo da aventura. A partir daí, escolhas e combates são atrelados à decisão inicial do jogador.

No mais, muito se mantém fiel ao que já deu certo. O triângulo de armas, a ótima trilha sonora, dublagem competente e personagens interessantes são marcas desse sucesso do console híbrido da Big N.

  • Data de lançamento original: 26 de julho de 2019
  • Plataforma: Nintendo Switch

20. Fire Emblem Warriors: Three Hopes

Anunciado no Nintendo Direct do dia 9 de fevereiro, o segundo título da mistura de Fire Emblem com o gênero musou está confirmado para 2022. Personagens tirados do excelente Three Houses farão parte do elenco de guerreiros que vão enfrentar novos inimigos sedentos por território.

  • Data de lançamento: 24 de junho de 2022
  • Plataforma: Nintendo Switch

É importante ressaltar que aparições nos games da série Smash Bros. ou o crossover com Shin Megami Tensei chamado Tokyo Mirage Sessions não contaram nessa lista por não serem jogos Fire Emblem em sua essência. No geral, qual das obras listadas você mais gosta? Conta pra gente!

Com informações: Nintendo.