Como usar Wise para enviar dinheiro para o exterior

Empresa promete ser mais transparente e econômica que as operadoras financeiras para enviar dinheiro para outro país

Lucas Lima
Por

Se você busca enviar dinheiro para fora do país, saiba que existem algumas formas de fazer isso sem precisar sair de casa. O modelo consiste em emitir pagamentos na moeda de origem a serem depositados por uma conta do destino a uma taxa única, com o câmbio médio do mercado no dia. Entenda, a seguir, como enviar dinheiro para o exterior pelos serviços pela Wise.

Conta Wise (Imagem: Divulgação/Wise)
Empresa também oferece conta em dólar (Imagem: Divulgação/Wise)

Tempo necessário: 10 minutos.

A Wise oferece uma espécie de banco digital multi moeda, onde você pode guardar e receber dinheiro de vários países simultaneamente. Eles oferecem um cartão de débito para esse serviço também. Veja como transferir no passo a passo abaixo.

  1. Acesse o site

    Primeiramente, acesse o site da oficial da Wise ou baixe o app para começar a transferir. Note que já é possível fazer simulações de acordo com as moedas escolhidas. Toque em “Começar“;Como usar a Wise para enviar dinheiro para o exterior

  2. Crie a conta

    Na sequência, escolha o tipo de conta que deseja criar: Pessoal ou Empresarial;Como usar a Wise para enviar dinheiro para o exterior

  3. Informe o valor

    Após a conclusão do cadastro e verificação do e-mail, informe o valor que deseja transferir e as moedas, tanto de origem quanto de destino;

  4. Conclua a operação

    Por fim, escolha para quem deseja transferir, adicione os dados bancários e conclua a operação.

De acordo com a empresa, é possível fazer transferências para fins particulares ou empresariais, seja no boleto bancário, transferência direta ou via cartão de crédito/débito.

Para cada tipo de transação é considerado um tempo mínimo para concluir a operação. O limite para enviar dinheiro para o exterior é restrito a R$ 1 milhão para cada transferência.

Quanto custa transferir pela Wise

Em uma transferência convencional, a partir de um banco brasileiro, são cobradas:

  • Taxas de transferência;
  • IOF (imposto sobre operações financeiras);
  • Spread cambial, que é a diferença entre a taxa de compra e a taxa de venda da moeda;
  • Despesas externas com SWIFT, que é o sistema de mensagens para transferências internacionais (pode ser cobrado tanto pelo banco emissor quanto receptor da movimentação).

Na Wise é cobrada apenas uma taxa por transação com o IOF já incluído, com a opção de ser feita via TED ou boleto bancário.

A partir de uma rede de parceiros e licenças próprias, a empresa mantém o controle sobre toda operação financeira, barateando os custos. A maioria dos custos altos é relacionado ao spread que o cliente tem que pagar em cada etapa da transferência.

A Wise também tem contas bancárias interligadas nos países que opera: quando um usuário do Brasil quer transferir para os Estados Unidos, ele paga um boleto no Brasil, essa compensação é feita na conta brasileira e depois a conta americana deposita o valor para o beneficiário.

Dessa forma o dinheiro não sai do país e as operações tornam-se locais.

Wise (ex-Transferwise) lança cartão de débito internacional no Brasil (Imagem: Divulgação/Wise)
Wise também tem cartão de débito internacional no Brasil (Imagem: Divulgação/Wise)

O que é câmbio médio de mercado?

Também chamado de câmbio verdadeiro, é aquele valor que procuramos quando queremos converter uma moeda.

É nessa diferença que são embutidos as margens de lucro de uma instituição financeira. A Wise diz que opera com as fontes independentes: Google, XE e Yahoo Finance. Por isso, os valores finais para enviar dinheiro para o exterior ficam mais baixos.

É seguro transferir pela Wise?

A empresa foi fundada em 2011 por pessoas que tinham a mesma preocupação com as transações internacionais. Nesse período, mais de quatro milhões de clientes já fizeram operações pela plataforma.

Richard Branson, dono do grupo Virgin, Max Levchin e Peter Thiel, fundadores do PayPal, foram uma das pessoas que investiram na plataforma, que já soma mais de 11 escritórios e 1.300 funcionários em quatro continentes. Além disso, a Wise é parceira dos bancos MS Bank e Rendimento.

Há um recurso legal para rastreamento de moeda, no qual é possível definir um alerta via e-mail para quando uma moeda chegar a um determinado valor ou para receber a notificação diária da taxa de câmbio, com uma comparação dos últimos 30 dias.

Abrindo uma conta em dólar

Para quem deseja viajar ou morar fora do país, além de saber enviar dinheiro para o exterior, também é importante entender como criar uma conta em dólar.

Dessa forma, em caso de emergência em outro país, é possível fazer conversões e transferências de forma mais rápida, mesmo que as taxas sejam maiores.