Viciado em TikTok? Como criar um limite de tempo de uso do app

Anda passando tempo demais no TikTok? Saiba como criar um limite de tempo de uso, que bloqueia o app após estourar a marca

Ronaldo Gogoni
Por

O TikTok agora conta com um recurso de bem-estar digital, em que é possível criar um limite de tempo de uso na rede social. Esta função é útil para evitar o vício no aplicativo de vídeos curtos e também para controlar o limite de tempo diário de jovens e crianças na plataforma. Veja como criar um limite de tempo de uso no TikTok.

TikTok / Musical.ly

Como criar um limite de tempo de uso no TikTok

O TikTok adicionou recentemente um recurso chamado “Bem-estar digital”, que traz funções voltadas ao abuso do uso do aplicativo por crianças e jovens. Uma das funções, chamada “Modo restrito” bloqueia a exibição de certos conteúdos, enquanto a outra, chamada “Gerenciamento de tempo de tela” cria um limite de tempo de uso do app.

É possível decidir por quanto tempo o usuário poderá assistir vídeos de 15″ e atrações de seus perfis favoritos por dia. Uma vez ativo, o TikTok exige uma senha para liberar novamente o acesso caso o limite seja estourado e queira ficar mais tempo online.

Veja como fazer.

TikTok / limite de tela

  1. Abra o TikTok, toque em “Eu” e depois em “Configurações” (os três pontinhos);
  2. Em “Geral”, toque em “Bem-estar digital”;
  3. Toque em “Gerenciamento de tempo de tela”;

TikTok / limite de tela

  1. Toque em “Limite de tempo” e defina: 40, 60, 90 ou 120 minutos;
  2. Toque em “Ativar gerenciamento de tempo de tela”;
  3. Defina uma senha numérica de 4 dígitos e confirme.

E pronto.

Ao fazer isso, o TikTok irá bloquear o uso após o tempo limite e exigirá que o usuário entre com a senha numérica para que ele possa continuar usando o aplicativo. Este recurso é interessante principalmente para pais, que podem definir um tempo de uso limite do aplicativo nos celulares de seus filhos, sem que eles tenham acesso à senha.

Claro que, neste caso, o recurso funciona melhor quando usado em conjunto com outras boas práticas familiares, para evitar que os filhos driblem as restrições.