Android Wear

Google prepara atualização do Wear OS que aumenta duração da bateria

16/11/2018 às 13h20 por

O Google está desenvolvendo uma atualização para o Wear OS que combate um dos maiores problemas da plataforma: a duração de bateria. Chamada de “versão H”, ela traz um modo de economia de energia para que o smartwatch continue funcionando mesmo quando a carga estiver baixa; e conserva a bateria se o gadget estiver inativo há mais de 30 minutos. Montblanc Summit 2 chega ao Brasil com Snapdragon 3100 em puro luxo Fossil

Parece que o Google finalmente vai lançar um smartwatch Pixel

11/05/2018 às 10h15 por

Mesmo tendo o sistema operacional mais usado nos smartphones, o Google ainda não conseguiu emplacar no mercado de wearables. Será que está faltando inspiração para as fabricantes de smartwatches? Se sim, o problema deve ser resolvido nos próximos meses: o Google pode estar trabalhando em um relógio inteligente com a marca Pixel. Já comentamos no Tecnocast sobre a estratégia do produto de referência: os smartphones Pixel levantam o mercado quando o Google mostra o que é possível fazer com um b

Wear OS terá otimizações para economizar baterias de smartwatches

29/03/2018 às 13h53 por

A próxima versão do Andr… digo, Wear OS, terá otimizações para economizar bateria. Na prévia para desenvolvedores, liberada na quarta-feira (28), o sistema operacional do Google para wearables veio com interface escura e restrições para aplicativos em segundo plano. O Android Wear 2.0 já tinha uma interface escura

Android Wear agora é Wear OS

15/03/2018 às 14h52 por

O Android Wear morreu, mas não porque continua irrelevante e tem falhas graves: o Google anunciou nesta quinta-feira (15) que está trocando o nome da plataforma para Wear OS by Google. A mudança faz sentido porque, desde 2015, os smartwatches com Android Wear também são compatíveis com iPhones. A marca Wear OS desassocia os wearables do sistema op

Tecnocast 083 – Quem precisa de um smartwatch?

22/02/2018 às 17h05 por

As grandes empresas de tecnologia estão lançando smartwatches há anos. Mas o Android Wear, maior sistema operacional de smartphones, ainda não emplacou nos wearables. O Apple Watch, embora esteja batendo recordes de vendas, não chega nem perto de ser a galinha dos ovos de ouro que é o iPhone. E a Samsung, principal fabricante de smartphones, não lançou nada de sucesso no segmento até hoje. Mas afinal, quem precis

Google divulga os smartwatches que vão receber o Android Wear Oreo

11/12/2017 às 14h16 por

O Android Wear anda meio negligenciado pelas grandes fabricantes, mas segue recebendo atualizações. A versão Oreo foi lançada recentemente, e o Google divulgou quais relógios vão recebê-la. Há poucas novidades no Android Wear Oreo. Como explicamos por aqui, ele limita alguns processos para economizar bateria: "serviços não poderão mais rodar em segundo plano sem uma notificação visível".

Android Wear Oreo limita processos em segundo plano para economizar bateria

03/10/2017 às 12h20 por

O Android Wear chegou este ano à versão 2.0 com alguns recursos interessantes, como uma Play Store no seu pulso para instalar apps, e suporte a Android Pay. Enquanto isso, a próxima atualização vai trazer apenas pequenas melhorias. O principal destaque do Android Wear Oreo (API 26) está no consumo de bateria. Ele terá restrições maiores a serviços em segundo plano, para que a autonomia dos relógios seja maior.

Montblanc lança smartwatch de luxo que roda Android Wear 2.0

17/03/2017 às 16h11 por

A marca de relógios Montblanc anunciou na quinta-feira (16) seu primeiro modelo que roda Android Wear: o smartwatch Summit tem um acabamento luxuoso e preços que variam de US$ 890 a US$ 1.070. Logo de cara, dá para perceber que o relógio é bem robusto: ele tem 46 mm de diâmetro, tela de 1,39 polegada coberta por um cristal curvo de safira, e parece mesmo um relógio comum. Se não fosse a tela brilhante

Tag Heuer anuncia smartwatch modular de luxo com Android Wear e processador Intel

14/03/2017 às 10h44 por

Há dois anos, a Tag Heuer anunciava seu primeiro smartwatch de luxo com Android Wear. Esta semana, ele ganhou um sucessor com design modular, software atualizado e preço salgado. O Tag Heuer Connected Modular 45 custa US$ 1.600 e pode ser personalizado em diversos aspectos antes da compra, com diferentes cores e materiais para a caixa do relógio, pulseiras, fivelas e abas (parte onde se fixa a pulseira).

Carregar mais posts