Asus

Sobre

A Asus é uma fabricante de eletrônicos com sede em Taiwan fundada em abril de 1990 por engenheiros ex-funcionários da concorrente Acer. O nome vem das últimas letras de Pegasus, um cavalo da mitologia grega. É mais conhecida por produzir placas mãe, segmento no qual é líder de mercado. Também atua na área de desktops, notebooks, placas de vídeo e tablets. Atualmente fabrica componentes para empresas como Apple, Dell e HP. Em 2010 empregava mais de 100 mil funcionários em todo o mundo.

Artigos de Asus

Zenfone 5 e Zenfone 5 Selfie: design familiar e câmeras duplas

às 16h40 por

Direto de Barcelona — O Zenfone 5 foi o primeiro smartphone lançado pela Asus no mercado brasileiro, em meados de 2014. Três anos depois, o mesmo nome está de volta, mas em um produto bem diferente: o novo Zenfone 5 é um intermediário premium, com design de metal e vidro, câmera dupla e uma tela com chifres inspirados no iPhone X. Vamos conhecê-lo? Em vídeo

Uma olhada de perto no Zenfone 4

às 11h21 por

Os nomes dos Zenfones ficaram um pouco confusos por causa de uma decisão equivocada da Asus na época do lançamento da família de smartphones, em 2014, quando o tamanho da tela fazia parte do nome do modelo. Por isso, tivemos os Zenfones 4, 5 e

Uma olhada de perto no Zenfone 3 Zoom e Zenfone AR

às 21h48 por

Direto de Las Vegas — A Asus anunciou nesta quarta-feira (4) dois novos smartphones durante a CES 2017. O Zenfone 3 Zoom se destaca pela câmera dupla com zoom óptico e pela bateria gigante de 5.000 mAh. Já o Zenfone AR é preparado para realidade aumentada e virtual, sendo o primeiro do mercado a suportar Tango e Daydream no mesmo aparelho. Como eles são? Eu fui conferir os aparelhos de perto. Em vídeo

Zenfone 5: uma olhada no primeiro smartphone da Asus para o Brasil

às 12h05 por

A Asus é mais conhecida por vender placas-mãe, mas também está presente em outros mercados, incluindo o de smartphones. A taiwanesa está prestes a trazer seus primeiros aparelhos ao Brasil, começando pelo Zenfone 5, um intermediário de tela grande que roda Android e será lançado no país em outubro por menos de mil reais. O que ele tem de bom? O Zenfone 5 logo chama a a

Asus Transformer Book T100TA é um notebook acessível com Windows 8.1 que vira tablet

às 12h54 por

A Asus está lançando alguns gadgets bacanas no Brasil neste final de ano e um deles é o Transformer Book T100TA, um híbrido de tablet e notebook que roda Windows 8.1. Com touchscreen de 10,1 polegadas e um teclado físico incluso no pacote, ele quer pegar um pouco da fatia dos cada vez mais populares notebooks conversíveis — mas com um preço relativamente acessível, de 1.699 r

Lançamentos de notebooks e tablet da Asus para o mercado brasileiro

às 16h39 por

A Asus apresentou para jornalistas hoje as linhas de notebooks que começam a ser vendidos em outubro e novembro no Brasil. Entre os lançamentos, há um notebook para o público gamer, um bem compacto de 10 polegadas, um ultrabook com tampa de vidro e um tablet de 7 polegadas. MemoPad HD 7 O tablet de 7 polegadas que vem ao Brasil é o mais avançado disponível da linha e custa R$ 799. Ele vem com processador quad-core, 1 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (expansíveis com microSD de até 32 GB, além dos 16 GB gratuitos no  ASUS WebStora

Brincamos com o Fonepad, Taichi e outros lançamentos da ASUS

às 16h11 por

Hoje a ASUS fez um evento para jornalistas no qual apresentou suas novidades para o Brasil. Entre elas, estavam ultrabooks das linhas Vivobook e Zenbook, o híbrido de tablet e notebook Taichi e a grande estrela, o Fonepad, que une tablet e smartphone no mesmo aparelho. Começando por ele, é um aparelho de 7 polegadas

Conferimos o Transformer, tablet da Asus que roda Android

às 14h06 por

Se uma imagem vale mais que mil palavras, abaixo você tem milhares de palavras sobre o Asus Transformer, o tablet que a fabricante asiática está trazendo para o Brasil em uma semana. O aparelho roda Android Honeycomb e chega ao nosso mercado para engrossar o número de ofertas de tablet rodando o sistema do Google. E depois o Steve Jobs ainda vem dizer que 2011 é “o ano do iPad 2” — eu concordo com ele, mas nada como uma boa polêmica.