bicicletas Yellow

Artigos de bicicletas Yellow

Grow, da Grin e Yellow, faz demissões mas nega sair do Brasil

às 10h58 por

A Grow Mobility, dona das marcas Grin e Yellow, confirmou a demissão de "grande parte da equipe operacional e corporativa no Brasil", mas nega que vá encerrar as atividades no país. A empresa retirou as bicicletas de circulação em janeiro, e suspendeu o aluguel de patinetes elétricos em março devido à pandemia do novo coronavírus,

Yellow e Grin são compradas por investidor [atualizado]

às 16h44 por

Atualização (05/06): a Grow esclareceu que na verdade foi adquirida pelo investidor Felipe Henríquez Meyer, cofundador do fundo de investimento Mountain Nazca. O texto original segue abaixo. --- A Grow Mobility, responsável pelas marcas Grin e Yellow, anunciou nesta terça-feira (10) que foi adquirida pelo grupo Mountain Nazca, fundo de venture capital que detém controle acionário de empresas como o Peixe

Peixe Urbano nega que vai adquirir Grin e Yellow [atualizado]

às 13h57 por

O Peixe Urbano, empresa de comércio eletrônico que introduziu o conceito de compras coletivas na América Latina, nega uma possível aquisição da Grow Mobility, responsável pelas marcas Grin e Yellow. Passando por um momento difícil, ela retirou as bicicletas de todas as cidades brasileiras e passou a operar os patinetes elétricos apenas em três cidades. Patinetes Yellow e Rappi podem ser desbloqueados no app Grin

Bicicletas da Yellow estão sendo recicladas em SC, afirma empresa

às 10h26 por

A Grow, que cuida das marcas Grin e Yellow no Brasil, encerrou o aluguel de bicicletas em todo o país no mês de janeiro. Então, nos últimos dias, circularam imagens dessas bikes em Santa Catarina sendo destruídas por um guindaste e então descartadas. Segundo a empresa, elas serão recicladas por oferecerem risco aos usuários, enquanto algumas unidades em boas condições de uso foram doadas.

Yellow e Grin encerram aluguel de patinete em 14 cidades e retiram bicicletas

às 15h14 por

Os patinetes elétricos da Grin e Yellow deixarão de circular nas ruas de 14 cidades brasileiras; os veículos poderão ser encontrados apenas em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Isso vale inclusive para patinetes que adotaram a marca Rappi. Enquanto isso, todas as bicicletas foram retiradas de circulação temporariamente para um "ajuste operacional". Lime, concorrente

Yellow e Grin lançam assinatura de R$ 15 mensais para bicicleta e patinete

às 10h53 por

O Grin Prime foi lançado nesta quarta-feira (11) na cidade de São Paulo: trata-se de uma assinatura de R$ 15 mensais, com o primeiro mês grátis, que isenta o usuário de pagar a taxa de desbloqueio para patinetes da Grin e bicicletas da Yellow. A Grow, empresa que comanda as duas marcas, também promete "benefícios exclusivos" que serão anunciados em breve.

Yellow e Grin terão fábrica de patinetes e bicicletas elétricas em Manaus

às 11h44 por

A despeito das polêmicas envolvendo serviços de compartilhamento de patinetes e bicicletas, a Grow continua apostando alto nesse mercado: a companhia, que responde pelas operações da Yellow e Grin, vai investir R$ 25 milhões em uma fábrica em Manaus (AM) para produzir patinetes e bicicletas elétricas. Uber testa assinatura com viagens de carro, bike e delivery do Eats

Como funciona o aluguel de bicicletas e patinetes da Yellow

às 14h38 por

Como a Yellow funciona? A startup oferece aluguel de bikes e patinetes elétricos em diversas cidades do país, e é extremamente fácil criar uma conta no serviço e utiliza-lo. Aqui, você descobre mais sobre como as biciletas e as scooters da Yellow funcionam. Vai comprar um só para você? Como escolher a sua bicicleta elétrica

Yellow tem bicicletas apreendidas em cidade por falta de autorização para operar

às 18h13 por

Depois de um período inicial atuando exclusivamente na capital paulista, a Yellow começou a expandir as suas operações para outras cidades. Uma delas é Vila Velha, no Espírito Santo. O serviço estreou por lá nesta sexta-feira (8). Ou melhor, tentou estrear: a prefeitura apreendeu cerca de 130 bicicletas da companhia e a multou em R$ 120 mil, aproximadamente. Yellow e serviço de patinetes elétricos Grin anunciam fu

Yellow e serviço de patinetes elétricos Grin anunciam fusão

às 16h55 por

Os serviços de compartilhamento de bicicletas e patinetes elétricos por aplicativo ainda são muito recentes no Brasil, mas já tem fusão acontecendo: nesta quarta-feira (30), a brasileira Yellow e a mexicana Grin (focada apenas em patinetes elétricos) anunciaram a decisão de unir forças. A nova empresa se chama Grow Mobility — o primeiro nome é uma junção das duas marcas. Uber quer desenvolver bicicletas e patinetes autônomos

Yellow vai multar em R$ 30 quem deixar bicicleta fora da área de atuação

às 14h39 por

A Yellow vai cobrar uma taxa de retorno de R$ 30 para quem deixar a bicicleta fora de sua área de atuação, que engloba alguns bairros de São Paulo. A multa começa a valer na próxima segunda-feira (1º de outubro). A empresa permite alugar bikes através de um aplicativo para iPhone e Android, por R$ 1 a cada 15 minutos. Yellow diz que vandalismo e furto de bicicletas estão “abaixo do esperado” A área de atuação da Yellow inclui os Jardins, Pinheiros, Vila Madalena, Butant

Carregar mais posts