China

Próximo desafio do Google na China: mapas

13/07/2010 às 18h08 por

Como você já sabe, o Google finalmente obteve autorização para operar seu sistema de buscas na China. Ao menos por enquanto, a empresa mantém a posição de oferecer uma landing page (página de chegada), a partir da qual internautas podem chegar ao Google de Hong Kong, que não precisa passar pela censura que a lei chinesa impõe. Agora é a vez de pensar nos mapas. O serviço de mapas do Google, pelo menos para mim, torna-se cada vez mais essencial. É com

Licença do Google para operar na China é renovada

12/07/2010 às 15h40 por

Aê! Parece que o Google venceu a queda de braço que mantinha com o governo comunista da China desde que viu sua licença para operar na China expirar, no fim de junho. Havia a dúvida se a ditadura chinesa iria permitir que o Google continuasse a manter um site comercial no país com a maior população do mundo, mas a gigante das buscas anunciou na sexta-feira que a renovação de licença foi autorizada. Em outras palavras, isso significa que o governo chinês endossou a permanência do site Google.cn, a versão do Google na China. Anteriormente, quem acessa

Internet banda larga de 50 mbps estará disponível em aviões na China

08/07/2010 às 14h26 por

Enquanto no Brasil nós ainda engatinhamos no que diz respeito à banda larga, os chineses já contam até com acesso à Internet por meio de cabos de fibra ótica direto nas suas residências. E em 2 anos eles também passarão contar com internet banda larga com velocidades de até 50 Mbps dentro de aviões. A promessa é da linha aérea Cathay Pacific Airways que anunciou ontem que planeja levar o serviço às suas aeronaves já em 2012. O que falta é a aprovação dos órgãos regulamentadores. Invejinha? Yep. |

Licença de operação do Google na China continua em análise

07/07/2010 às 13h32 por

Desde que a sua licença para operar na China terminou, o Google não recebeu nenhuma palavra sobre uma possível renovação. A mais recente atitude do gigante das buscas foi colocar, no rodapé do Google chinês, um link com o número da licença expirada, que leva para o site do ministério responsável por isso. O diretor de propaganda do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação disse que o processo anual está em andamento, mas que o envio do pedido aconteceu "relativamente tarde". |

Lenovo: “Apple está perdendo uma grande oportunidade na China”

06/07/2010 às 08h44 por

A Apple poderia ter mais comprometimento com o mercado que possui na China. Pelo menos é assim que pensa o fundador e presidente da Lenovo, Liu Chuanzhi. Ele expressou sua opinião sobre a Apple em entrevista ao Financial Times. "Temos sorte de Steve Jobs ter um temperamento tão ruim e não se importar com a China. Se a Apple empregasse o mesmo esforço no consumidor chinês que nós empregamos, estaríamos com problemas" disse Chuanzhi. Não é comum o presid

Google chinês lança nova página inicial e encerra redirecionamento

29/06/2010 às 14h51 por

E a novela continua. O Google anunciou nessa terça-feira que não vai mais redirecionar todo o tráfego do Google.cn (versão para China) para o Google.com.hk (versão do Google para Hong Kong). Segundo a empresa, o governo chinês avisou que tal redirecionamento é "inaceitável" e que não iria renovar a licença para a operação do Google na China caso fosse mantido. Detalhe: a licença expira amanhã, dia 30 de junho. "Sem uma licença de Provedor de Conteúdo de Internet [ICP, em inglês], nós não podemos operar um website comercial como o Google.cn. Então o Google seria

Chineses vão poder escrever domínios em… chinês

25/06/2010 às 18h01 por

Não foi somente o domínio .xxx, para conteúdo adulto, que o ICANN aprovou nessa sexta-feira. O comitê que controla a criação de novos domínios de nível superior (como .br para Brasil ou .de para Alemanha) informou que os chineses poderão usar domínios inteiramente baseados nos caracteres especiais do mandarim, inclusive o final do endereço. Até agora, os sites chineses podiam ter caracteres especiais, porém seu final era sempre .cn.

Dell considera colocar Chrome OS em notebooks

21/06/2010 às 15h43 por

O presidente da divisão da Dell para China e Sul da Ásia, Amit Midcha, afirmou que a empresa está de olho no futuro. Esse futuro poderá incluir o Chrome OS em notebooks... De acordo com o executivo, é preciso pensar dois ou três anos a frente, "então nós trabalhamos continuamente com o Google nisso". Para ele, Chrome e Android seriam parte de "uma nova forma de computação". [AppScout]

Google quer tornar censura ilegal na rede

15/06/2010 às 11h32 por

Ainda no clima de guerra contra as autoridades chinesas, o Google pode estar trabalhando junto do governo norte-americano para fazer com que qualquer tipo de censura na web pelo mundo seja considerada um crime e que esteja sujeita a punições estipuladas pela Organização Mundial do Comércio. Durante uma audiência em Washington, o diretor de comunicação do gigante da web, Robert Boorstin, afirmou que "assim como outras empresas, o Google acredita fortemente que a censura na internet também é um obstáculo a liberdade de mercado", citando que em alguns casos, oferecer resultados limi

Aumento de salários faz Foxconn aumentar preços

09/06/2010 às 17h22 por

Uma das medidas anunciadas pela empresa taiwanesa Hon Tai Precision, mais conhecida mundo afora pelo nome Foxconn, para conter os suicídios e tentativas de suicídio em sua planta na cidade chinesa de Shenzen foi oferecer um substancial aumento de 20% no pagamento de seus empregados, que passarão a receber salário equivalente a R$ 180. E de acordo com a empresa, suas "magras margens de lucro" deverão fazer com que seu maior custo de produção sejam sentidos no resto do mundo. Segundo matéria da agência de notícias

China bloqueia FourSquare

07/06/2010 às 18h25 por

Falando em FourSquare, o jornal LA Times afirma que o governo chinês bloqueou o site de geolocalização na última sexta-feira para evitar qualquer tipo de manifestação online por conta dos 21 anos do infame Massacre na Praça da Paz Celestial. De acordo com o jornal as autoridades temiam que os navegantes começassem a fazer check-ins na área como forma de protesto pelas mortes que aconteceram em 1989, e como o serviço é ligado a outras ferramentas como Twit

Carregar mais posts