fusão

Artigos de fusão

Oi estaria negociando venda da divisão móvel para TIM e Vivo

às 14h32 por

Fontes dizem à Reuters que a Oi negocia a venda de sua divisão móvel para TIM e Vivo: dessa forma, a operadora quer levantar mais de R$ 10 bilhões que seriam usados para fortalecer a expansão do serviço de banda larga via fibra óptica. Rumores também dizem que a espanhola Telefónica, dona da Vivo, contratou um banco de investimento para assessorar uma possível compra da Oi.

TIM e Vivo apontam riscos à concorrência na fusão da Claro e Nextel

às 15h07 por

A Claro fechou negócio em março e comprou a Nextel por R$ 3,47 bilhões: o negócio precisa ser aprovado por órgãos reguladores, como a Anatel e o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), e as operadoras TIM e Vivo apontam riscos à concorrência nessa fusão. Elas dizem que isso vai gerar concentração d

Claro, NET e Embratel planejam unificar operação no Brasil

às 17h29 por

Todo mundo sabe que Claro, NET e Embratel são farinhas do mesmo saco: as três empresas são grandes, todas atuam no setor de telecomunicações do Brasil e todas elas pertencem ao mexicano Carlos Slim, o homem mais rico do mundo. As empresas emitiram um comunicado aos seus acionistas considerando a possibilidade de uma reestruturação que consolide os ativos e atividades em uma única sociedade. Não é novidade nenhuma que isso aconteceria: há pouco tempo a Claro assumiu o serviço de telefonia fix

AOLahoo? Yahoool? Já se fala na fusão entre Yahoo e AOL

às 17h54 por

Para encerrar a semana com chave de ouro, o boato da vez é de que o CEO da AOL, Tim Armstrong, estaria em contato com o pessoal do Yahoo para que as duas empresas, dois dinossauros ainda gigantes da web, realizem uma fusão. A informação é da Bloomberg, agência de notícias financeiras que costuma merecer o nosso respeito pelo bom histórico de furos noticiosos.Não é de se espantar que essa opção tenha retornad

Maior fusão de telecom dos Estados Unidos está na mira do governo

às 17h37 por

O Departamento de Justiça dos EUA azedou a negociata para que a AT&T, maior operadora daquelas bandas, compre a T-Mobile, uma empresa menor mas ainda assim entre as principais do país. Possivelmente a maior fusão de empresas de telecomunicações de todos os tempos está na corda bamba a partir de agora.No início do ano a AT&T anunciou uma oferta de nada menos que US$ 39 bilhões (troco de pinga para eles) para incorporar a T-Mobile às suas operações. A companhia seria perfeita para ampliar a rede da AT&T, visto