Índia

Asus 6Z é o novo nome do Zenfone 6 na Índia devido a disputa judicial

10/06 às 18h39 por

O Zenfone 6 terá um nome diferente na Índia: ele vai se chamar Asus 6Z porque a fabricante enfrenta um processo judicial de outra empresa que detém a marca "Zen" para dispositivos móveis. Uma decisão judicial proíbe a taiwanesa de vender qualquer produto com o termo "Zenfone" no país. O celular continua com sua câmera giratória dupla de 48 megapixels, processador Snapdragon 855 e bateria de 5.000 mAh.

Asus é barrada de usar marcas Zenfone e ZenBook na Índia

05/06 às 12h15 por

A Asus foi processada por uma empresa na Índia que detém a marca registrada "Zen" para dispositivos móveis: uma liminar da Justiça proíbe a fabricante de usar as marcas "Zen" e "Zenfone" no país, impactando sua linha de celulares Android e de notebooks ZenBook. O caso lembra a disputa entre Apple e IGB Eletrônica (ex-Gradiente) pela marca iPhone no Brasil. Asus Zenfone 6 Edition 30 é uma edição limitada com 12 G

WhatsApp recebe denúncias de fake news na Índia sem oferecer checagem de fatos

04/04 às 13h01 por

Esta semana, o WhatsApp anunciou um serviço para receber denúncias de fake news na Índia, semanas antes das eleições gerais na maior democracia do mundo. A empresa deu a entender que iria checar a informação e informar o usuário se ela é verdadeira, falsa ou enganosa. Agora, ela diz que só está coletando dados para uma pesquisa sobre a disseminação de notícias falsas. WhatsApp Business para iPhone sai do beta e chega ao Brasil

Tensão entre EUA e China pode fazer Apple fabricar iPhones na Índia

28/12/2018 às 12h21 por

As relações comerciais entre China e Estados Unidos andam tensas e não há nenhum sinal de trégua para 2019. Em uma aparente tentativa de escapar do fogo cruzado, a Apple pode adotar uma estratégia um tanto ousada: fabricar os iPhones XS, XS Max e XR na Índia a partir do próximo ano. EUA acusam hackers chineses de invadir NASA,

Samsung abre maior loja de smartphones do mundo com 3.000 m²

11/09/2018 às 13h25 por

A Samsung anunciou nesta terça-feira (11) a abertura da maior loja de smartphones do mundo, com 3.000 m². O "centro de experiência móvel" fica em Bengaluru, capital tecnológica da Índia, na Opera House — local que passou por renovação e restauração. A coreana também vai expandir uma fábrica de celulares no país para torná-la a maior do mundo. [Review] Samsung Galaxy Note 9: o celular para bolsos grandes

Uma operadora indiana conseguiu 100 milhões de clientes em menos de 6 meses

28/02/2017 às 15h45 por

É bem verdade que a Índia é um país gigante, com mais de 1,2 bilhão de habitantes, mas isto não deixa de ser impressionante: a operadora de celular Jio, que iniciou suas vendas há apenas seis meses, em setembro de 2016, já alcançou a marca de 100 milhões de clientes. Foram 7 usuários novos por segundo, por dia, durante 170 dias. Para se ter uma ideia, a maior operadora de celular do Brasil, a

Fundador de fabricante de smartphone de R$ 12 é preso por suspeita de fraude

24/02/2017 às 12h48 por

Mohit Goel, fundador da Ringing Bells, empresa indiana responsável pelo "smartphone mais barato do mundo", foi preso por suspeita de fraude após a companhia Ayam Enterprises acusá-lo de não ter reembolsado uma compra milionária não entregue pela empresa. Ele foi detido na tarde da última quinta-feira (23) em Uttar Pradesh, um estado indiano com mais de 200 milhões de habitantes, segundo a Reuters.

Governo da Índia lança sistema que monitora atividade da população na internet

09/05/2013 às 12h05 por

O governo da Índia, sem fazer alarde, lançou um sistema capaz de monitorar a atividade de qualquer cidadão na internet, bem como analisar ligações telefônicas e mensagens de texto. O Central Monitoring System (CMS), como é chamado, custou quase 150 milhões de reais para ser implantado e oficialmente será usado para proteger a “segurança nacional”. É claro que ele causou polêmica. A Índia vem investindo em segurança digital depois dos ataques terroristas em Mumbai, em novembro de 2008, que mataram mais de 100 pessoas. E o governo pode usar

Tablet barato vai custar só US$ 21 para estudantes indianos

12/11/2012 às 12h20 por

O que é um tablet barato para você? O Nexus 7, que custa US$ 199 na Play Store? Ou o Kindle Fire, que começa em US$ 159 na loja da Amazon? A Datawind, uma fabricante britânica de hardware, conseguiu desenvolver o Aakash 2, um tablet de baixíssimo custo que roda Android e será vendido por apenas US$ 21 para estudantes da Índia. O preço de US$ 21 vale para estudantes de engenharia e foi conseguido com subsídios do governo indiano, que paga metade dos custos do Aakash 2. Para o consumidor final, o tablet poderá ser adquirido por US$ 64, o que ainda

Google e Facebook vão a julgamento na Índia por não colaborarem com censura

13/03/2012 às 12h10 por

Começa hoje em Nova Délhi, na Índia, um importante julgamento que tem Google e Facebook como réus. As autoridades reguladoras de comunicações no país questionam a capacidade dos dois gigantes da internet de promover com eficácia a censura determinada em lei pelos legisladores. Executivos de Google e Facebook podem ser condenados a cumprir pena na prisão, na pior das hipóteses. Desde o ano passado a Índia vem aumentando os termos que devem passar por censura na internet de que dispõem os internautas locais. Assim como no Grande Firewall da China, uma

Carregar mais posts