Jonny Ken

Artigos de Jonny Ken

Tecnoblog Podcast 20 – Empreender no mundo digital

às 23h22 por

Existem dezenas de livros sobre como empreender, como se tornar um empresário de sucesso ou como ficar milionário facilmente. Neste episódio do podcast nós abordamos o assunto com três convidados especiais que fazem a diferença na internet brasileira: Carlos Merigo, criador do Brainstorm9; Felipe Neto, o fundador da produtora Parafernalha; e Jonny Ken, que popularizou os encurtadores com o Migre.me.

Migre.me mostra o número de pessoas que viram tweet

às 19h33 por

O Migre.me liberou nessa semana uma nova ferramenta que vai ser a menina dos olhos de analistas de mídias sociais e profissionais afins. Se você sempre se perguntou quantos usuários viram aquele seu tweet, o serviço brasileiro vai solucionar essa dúvida com uma forma inédita de calcular o alcance dos tweets e retweets dentro do Twitter. Para visualizar a nova funcionalidade basta acessar a consulta de URLs encurtadas, nessa página. Lá você coloca o finalzinho do endereço criado a partir do Migre.me cujos dados você es

Migre.me volta a funcionar em 10 minutos, afirma seu criador

às 13h33 por

Depois de um dia de muito trabalho e afirmar que o Migre.me deixaria de existir do jeito que nós conhecíamos, as perspectivas do encurtador de URLs mudou drasticamente. Para seu criador, o serviço deve voltar a funcionar normalmente em 10 minutos. Portanto, anote aí: às 13h40 o Migre.me deve estar de volta no ar. Em entrevista ao Tecnoblog, Jonny Ken confirmou que o site deve voltar a funcionar com cerca de 80% das URLs que estavam cadastradas antes da troca de servidores, que ocorreu há duas semanas. Nesse momento a alter

Host do Migre.me se manifesta sobre a perda de dados

às 23h59 por

Hoje pudemos acompanhar os sérios problemas pelo qual o Migre.me passou, tendo perdido seus dados sem perspectiva de backup por parte do servidor, pois não havia um backup. Agora à noite a empresa que hospedava o encurtador de URLs se manifestou sobre o ocorrido. Leia | Pane em servidor tira Migre.me do ar A ArgoHost publicou um comunicado oficial explicando porque as coisas aconteceram da maneira como aconteceram. Recomendo fortemente a leitura do

Pane em servidor tira Migre.me do ar

às 14h51 por

Qualquer leitor do TB certamente já usou o Migre.me para, pelo menos uma vez na vida, encurtar um endereço que estivesse extenso demais. O serviço genuinamente brasileiro, no ar há mais de um ano, tornou-se referência em encurtamento de URLs. Mas na última semana o Migre.me tem passado por dificuldades devido a uma pane no servidor em que estava hospedado.

Kindim: criador do Migre.me lança diretório de perfis do Twitter

às 16h37 por

A Kingo Labs, criadora do encurtador brasileiro Migre.me, colocou na praça mais um produto que vai explorar bastante o conceito de redes sociais eletrônicas. O Kindim (que significa Kingo Diretório Múltiplo) é um diretório que vai agrupar os mais variados perfis de usuários do Twitter, a fim de que o internauta "descubra usuários com interesses comuns". Ao acessar o Kindim, você vai perceber que existem oito grandes grupos de listas, como Sociedade ou Esportes. Cada um desses grupos ainda passa por subdivisões: o Tec

Migre.me lança insígnias para usuários

às 18h40 por

A galera responsável pelo encurtador Migre.me lançou hoje um recurso que poderá deixar o uso do site ainda mais divertido e interessante. As insígnias são condecorações que os usuários vão ganhar de acordo com objetivos que forem cumpridos, como, por exemplo, receber 30 RTs em apenas uma hora. O ranking de insígnias já está no ar e você pode conferir abaixo:Modéstia à parte, o Tecnoblog é o sexto colocado, depois de alguns blogs e alguns usuários de Twitter famosos (tem até uma ex-B

Telefônica amplia capacidade do Speedy, mas assinantes ainda enfrentam problemas; Migre.me é afetado

às 19h46 por

A crítica não é de hoje, mas parece que os problemas de assinantes do Speedy, banda larga da Telefônica no Estado de São Paulo, só aumentam. A empresa está atualmente impedida de vender novas assinaturas, até que apresente uma readequação do serviço ao número de usuários. Ainda assim, as complicações persistem. Durante o fim de semana, a empresa realizou o processo de ampliação dos servidores de DNS em seu datacenter na cidade de Barueri, na região metropolitana de São Paulo. Segundo a companhia, a capacidade do datacenter dobrou, de modo a garantir que o DNS do Speedy não