OMS

OMS reconhece oficialmente vício em games como problema de saúde

27/05 às 18h25 por

A Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a reconhecer o vício em jogos como um transtorno de saúde mental no ano passado, mas só agora, como efeito da 72ª Assembleia Mundial da Saúde, é que a decisão está sendo ratificada. Por que culpar o videogame por ataques de violência é uma falácia Como Assassin

OMS já considera vício em games como transtorno mental

19/06/2018 às 10h31 por

Nesta semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a reconhecer o vício em jogos eletrônicos como um transtorno de saúde mental. De acordo com a entidade, a decisão tem como base uma série de estudos e as considerações sobre o assunto de especialistas de diversas áreas. Para ser mais preciso, o que a OMS fez foi incluir transtornos patológicos relacionados a jogos eletrônicos na 11ª edição da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID). O catálogo não é atualizado desde 1990.

Vício em jogos eletrônicos agora é coisa séria para a OMS

22/12/2017 às 14h15 por

Se você joga com alguma frequência, mesmo que não assiduamente, já deve ter sido chamado de "viciado em videogame" ou algo assim. Apesar dos tons frequentemente exagerados e brincalhões que esse tipo de conversa assume, há pessoas que realmente têm comportamentos nocivos com relação a jogos eletrônicos. É por isso que a Organização Mundial da Saúde (OMS) vai considerar transtornos associados aos games como problemas de saúde mental. Para ser exato, em 2018, a OMS vai incluir transtornos patológicos ligados a jogos digitais à Classificação Estatística Internacional de Doe

A OMS anunciou mesmo que celulares causam câncer?

31/05/2011 às 18h34 por

Se você está ligado nas últimas notícias de tecnologia, provavelmente já leu hoje em alguns sites (provavelmente muitas pessoas lerão mesmo amanhã nas manchetes dos jornais impressos) textos alarmistas que citam que a OMS confirmou que celulares causam câncer. A Organização Mundial da Saúde, entidade respeitadíssima da área, liberou um relatório hoje que gerou tais notícias. Mas o relatório não diz nada que você já não sabe há tempos.

Estudo sobre câncer causado por celulares: “inconclusivo”

18/05/2010 às 15h41 por

A Organização Mundial da Saúde (OMS) conduziu um estudo sobre telefones celulares e câncer de cérebro durante a última década. Os resultados, no entanto, podem desanimar um pouco: foram considerados "inconclusivos" pela agência da Organização das Nações Unidas (ONU). Isso significa, em outras palavras, que não podemos afirmar se o celular potencializa ou não o surgimento de câncer no cérebro. Durante o período de dez anos, nada menos que 13 mil donos de celulares foram entrevistados, a fim de saber a relação entre o aparelho que hoje em di

Carregar mais posts