telecomunicações

Artigos de telecomunicações

Um país inteiro ficou sem internet por dois dias após um cabo submarino se romper

09/04 às 15h21 por

Uma das formas mais comuns de conectar um país à internet é instalar cabos no fundo do mar e ligá-los a outros países. Com eles, é possível manter uma comunicação estável na maior parte do tempo. Mas, quando as falhas acontecem, as proporções podem ser enormes. Foi o que aconteceu em 30 de março, quando países africanos registraram instabilidade em suas conexões por conta do rompimento de um desses cabos. A Mauritânia teve o maior prejuízo: chegou a ficar quase 48 horas sem qualquer conexão à internet até que o problema fosse parcialmente resolvido.

Oi perde clientes e Vivo lidera telefonia móvel

05/02 às 17h09 por

A consultoria Teleco reuniu os dados sobre telefonia móvel no Brasil em 2017, e algumas tendências ficaram bastante claras. A Vivo ampliou a liderança em participação de mercado; a Claro ultrapassou a TIM; enquanto a Oi segue perdendo clientes. A Vivo está em primeiro lugar com 31,69% de participação de mercado — ainda mais do que no ano anterior. Depois temos a Claro (24,96%) seguida pela TIM (24,79%). Atrás delas está a Oi, com 16,47%.

Anatel quer acabar com “efeito clube” e reduzirá tarifas de chamadas até 2019

07/07/2014 às 16h48 por

É comum encontrar pessoas que possuem chips de mais de uma operadora. O chamado "efeito clube" incentiva que isso ocorra, com objetivo de aproveitar as promoções em ligações para clientes da mesma operadora. A Anatel quer colocar um fim nisso e reduzirá as tarifas de interconexão significativamente até o ano 2019. Esclarecendo melhor: tarifa de interconexão é o valor, por minuto, que uma operadora A deve pagar a operadora B quando um cliente origina chamadas para o cliente da operadora B. Atualmente, o valor médio de interconexão é de R$ 0,23,

Está faltando um Google Fiber por aqui

03/05/2013 às 07h40 por

Quem está mudando a realidade da banda larga nos Estados Unidos não é nenhuma das quatro grandes companhias de telefonia móvel (Verizon Wireless, AT&T, Sprint e T-Mobile). Muito menos as operadoras de banda larga tipo Net, que oferecem também telefonia fixa e televisão por assinatura. Pelo contrário, é um velho conhecido nosso: o Google. O serviço Google Fiber está mexendo com a concorrência na única cidade em que está disponível e naquelas em que chegará nos próximos meses. Apenas recapitulando.

Governo corta impostos das telecomunicações

12/03/2013 às 18h58 por

O ministro da Comunicações, Paulo Bernardo, assinou hoje uma portaria que desonera impostos para a expansão das telecomunicações no país. A renúncia fiscal feita pelo governo federal será da ordem de 6 bilhões de reais quando a medida for publicada no Diário Oficial da União.A decisão já era aguardada por empresas de diversos setores que compõem o mercado de telecomunicações, desde as operadoras até fabricantes de equipamentos e de infraestrutura. A administração da presidente Dilma Rousseff vai desonerar os custos que essas empresas têm

Anatel decide que ligações sucessivas de celular serão consideradas uma ligação

28/11/2012 às 18h24 por

A Anatel determinou hoje que vai alterar o regulamento do serviço de telefonia móvel para incluir uma nova regra. Segundo ela, ligações sucessivas de celular para o mesmo número deverão ser consideradas como uma única ligação, contanto que sejam feitas em até 120 segundos. Essa regra estava em consulta pública há pelo menos três meses, mas apenas agora a agência das telecomunicações deu seu parecer final. A regra foi proposta pouco depois da TIM ser acusada de derrubar ligações

Dilma aceita que teles estrangeiras toquem o PNBL

08/06/2011 às 15h44 por

A impressão que eu tenho é de que o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) não vai sair nunca. Ele é um dos pilares do governo da presidenta Dilma Rousseff, além de ser amplamente apoiado pelo ministro Paulo Bernardo, das Comunicações. Caso as operadoras brasileiras não tenham interesse em colaborar com o plano, a presidenta já autorizou que empresas estrangeiras sejam convocadas para tocar o PNBL. O assunto é complicado porque depende de negociações (e negociatas) en

GVT chega a São Bernardo do Campo e Santo André

06/06/2011 às 13h15 por

A GVT confirmou o início de suas operações em duas importantes cidades do ABC Paulista. Consumidores de São Bernardo do Campo e Santo André já podem contratar os serviços da companhia, que oferece banda larga e telefonia fixa a preços competitivos (muitas vezes graças aos “combos”, devo dizer).Em comunicado, a GVT promete que as velocidades para banda larga nas cidades será de “até” 100 Mbps. Para tanto, houve um investimento inicial conjunto de R$ 80 milhões, que cria possibilidade de oferecer 70 mil acessos de banda larga e de telefonia. Quem

Banda larga da GVT pode chegar a São Paulo somente em 2012

13/05/2011 às 14h31 por

A GVT tem excelentes motivos para comemorar a sua atuação no mercado de banda larga no ano passado. Como nos informa o Gizmodo Brasil, durante o período a empresa teve uma expansão de 53% em sua base de assinantes no período (a Telefônica cresceu 20%, enquanto a Oi amargou uma ampliação de apenas 3,7%). Essa é a boa notícia; a má notícia é que a chegada da GVT na maior cidade brasileira — São Paulo — vai atrasar ainda mais. Não

Banda larga é campeã de reclamações, afirma Anatel

09/05/2011 às 14h45 por

Essa informação certamente não será nenhuma novidade para você. Dados recentemente revelados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), referentes  a fevereiro desse ano, mostram um crescimento vertiginoso na quantidade de reclamações relacionadas ao serviço de telecomunicações. Quem está ganhando nas reclamações é a banda larga, que contabiliza aumento de 60,9% no período de um ano. Para você ter uma noção do crescimento, a mesma banda larga foi alvo de 24,2 mil reclamações em fevereiro desse ano. No comparativo, houve

Telefônica libera ligações de graça em orelhões de Piracicaba

18/04/2011 às 14h38 por

A Telefônica iniciou testes de uma nova forma de oferecer chamadas telefônicas. Em Piracicaba, no interior de São Paulo, a operadora liberou ligações feitas de orelhões para telefones fixos. O detalhe é que o usuário terá que escutar uma mensagem publicitária antes de completar a ligação. As ligações gratuitas podem ter até 2 minutos de duração para qualquer telefone fixo (mesmo aqueles de empresas concorrentes da Telefônica, como o NET Fone). Todos os mais de 2.400 telefones públicos de Piracicaba estarão disponíveis para o teste, que deve

Dilma quer banda larga popular de pelo menos 1 Mega

11/04/2011 às 08h30 por

Banda larga é assunto sério no governo federal. A presidente Dilma Rousseff deu a ordem: quer que a conexão popular seja de pelo menos 1 Mega para todos os brasileiros, de acordo com informações divulgadas pelo jornal Folha de São Paulo durante o fim de semana. No projeto antigo do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), a meta das operadoras de telefonia era oferecer conexões de 600 Kbps por R$ 35 mensais (nos Estados em que não houve redução de ICMS para o serviço). D

Carregar mais posts