Tribunal Superior Eleitoral

Artigos de Tribunal Superior Eleitoral

Como usar o e-Título (título de eleitor digital)

às 14h51 por

Desde as eleições presidenciais de 2018, é possível usar o smartphone para consultar o número do seu título de eleitor. O aplicativo e-Título, funciona como uma versão digital para o documento de votação. Além de informações básicas, o app permite que você justifique seu voto, consulte suas informações junto à Justiça Eleitoral, entre outras opções. Veja como usar o e-Título e explore seus recursos. Como justificar o voto pela internet [site do TSE e ap

Político é notificado no Facebook por fazer showmício em live

às 11h49 por

O showmício é proibido por lei desde 2006: ou seja, candidatos a cargos políticos não podem usar apresentações musicais ou de outra espécie para se promoverem. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aponta que a mesma regra vale para lives de artistas. Um pré-candidato à prefeitura de Búzios (RJ) foi notificado através do Facebook por causa de uma transmissão ao vivo descrita como "livemício".

Sites do TSE e Dataprev (auxílio emergencial) ficam fora do ar

às 18h12 por

Dois serviços estão fora do ar no Brasil nesta quarta-feira (6): o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pois hoje é o último dia de regularização e emissão do título de eleitor; e o portal de consulta da Dataprev sobre a situação do auxílio emergencial de R$ 600 oferecido através da Caixa.

WhatsApp, Facebook, Google e Twitter se unem ao TSE contra fake news

às 11h02 por

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou no final de agosto uma ação de combate às fake news ligadas às eleições. A iniciativa conta com dezenas de instituições públicas e privadas como parceiras e, agora, ganhou o apoio de WhatsApp, Facebook, Google e Twitter. WhatsApp nas eleições: TSE pede linhas que fizeram disparos ilegais

WhatsApp nas eleições: TSE pede linhas que fizeram disparos ilegais

às 14h30 por

As operadoras serão obrigadas a apresentar ao TSE os números de linhas telefônicas de quatro empresas de comunicações suspeitas de disparar mensagens irregularmente durante as eleições de 2018. A corregedoria da Justiça Eleitoral intimou Claro, Oi, TIM, Vivo, Nextel, Algar, Datora, Terapar e a já extinta Porto Seguro Conecta. WhatsApp confirma que eleição de 2018 teve envio em massa de mensagens

TSE investiga se hackers invadiram sistema da Justiça Eleitoral

às 14h19 por

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) vai investigar se hackers tiveram acesso ao sistema interno da Justiça Eleitoral. Os invasores alegam ter o código-fonte do sistema Gedai-UE, que grava o sistema operacional e a lista de eleitores na urna eletrônica; no entanto, eles não teriam quebrado o sigilo do voto. Como pagar a multa do TSE para quem não justificou o voto na Eleição

TSE faz oito sugestões ao WhatsApp para conter notícias falsas em eleições

às 12h20 por

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) fez uma reunião com o WhatsApp e discutiu oito soluções para reduzir a disseminação de notícias falsas na plataforma. Isso inclui adotar medidas que já valem na Índia, como limitar o encaminhamento de mensagens para até cinco pessoas ou grupos; e incorporar checagem de fatos ao aplicativo. Como funciona o spam no WhatsApp que pode ter beneficiado Bolsonaro WhatsApp reduz tempo limite par

Propaganda eleitoral paga não será permitida no Twitter

às 11h20 por

Este ano, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) liberou candidatos políticos a fazer propaganda eleitoral na internet. Isso significa que eles poderão exibir anúncios ou impulsionar posts em plataformas como Facebook, Instagram e Google. O Twitter, no entanto, estará fora dessa. O Twitter diz ao jornal O Globo que não vai vender publicidade eleitoral durante a campanha. "No Brasil, nossas políticas de anúncios não vão permitir a veiculação de propag