Twitter

Sobre

O Twitter é um serviço de microblogging lançado em julho de 2006 por Jack Dorsey. O site permite que usuários publiquem mensagens (chamadas de tweets) de até 140 caracteres por meio de dispositivos variados, desde PCs comuns até smartphones sofisticados e TVs. Recentemente, foram incluídos recursos para encurtamento de links e hospedagem de imagens, antes fornecidos apenas por outras empresas. Em junho de 2011, a rede social possuía mais de 350 milhões de usuários.

Twitter, pare de tentar estragar o Twitter

08/12/2015 às 15h09 por

O Twitter é minha rede social preferida por alguns motivos. Ele não possui um algoritmo que filtra o conteúdo, então eu tenho certeza que lerei tudo o que for produzido pelas pessoas que sigo (se não quero mais ler, simplesmente deixo de seguir). Além disso, o Twitter exibe os conteúdos em ordem cronológica, no momento em que os tweets são publicados, porque ninguém quer ler no sábado um comentário sobre

Medium: seu próximo blog

16/05/2013 às 00h00 por

No fim de 2005, eu só sabia de uma coisa: eu gostava de escrever. No início de 2006, eu descobri o WordPress e imediatamente soube de uma nova coisa: eu queria escrever a sério. O WordPress era moderno. Era limpo. Era futurista. Era até mesmo aquela palavra que frequentemente usamos para adjetivar produtos tecnológicos, mesmo ela sendo completamente inadequada para isso: sexy. Para quem vinha de experiê

O papa é trending

21/03/2013 às 13h30 por

Semana passada, pouco antes do conclave que escolheria o novo papa, critiquei no Twitter o fato da igreja católica utilizar a secular chaminé para avisar o mundo da escolha de seu líder. Em tempos em que padarias anunciam no Twitter sua próxima fornada de pãezinhos, a igreja usa... sinal de fumaça? Mordi a língua. Pouco tempo depois, começaram a pipocar na rede comentários sobre a bendita chaminé. Reconheci seu charme. Ela não é antiquada. É hipster. A coisa cresceu de tal forma que, da chaminé, passou-se a falar da gaivota… Outro

O que dirão sobre seu perfil do Facebook daqui a 100 anos?

12/03/2013 às 15h28 por

Cuidado, gente. O Google indexa tudo. Tudo! É mais do que corriqueiro postar uma bobagem num blog ou numa rede social qualquer e depois se arrepender. Depois que você se dá conta da besteira, é tarde demais. Dependendo do assunto, já pode estar correndo o mundo. Não adianta simplesmente apagar o post. Isso também vale para quem desejar excluir todo o perfil em uma rede social: se um dia você optar por sumir do mapa, é possível que, mesmo assim, se recupere o que foi publicado. É por isso que vemos celebridades e políticos em péssimos l

Tecnoblog Podcast 29 – É tipo uma vaca…

09/11/2012 às 20h07 por

Nesta semana, pudemos acompanhar o falecimento de um importante produto da Microsoft: o Windows Live Messenger, eterno MSN. Nos sentimos obrigados a prestar uma singela homenagem a esse comunicador instantâneo que fez parte da vida de muitos de nós. Thiago Mobilon (@), 

Decidimos fechar os comentários: só com cadastro

11/09/2012 às 17h35 por

A partir de hoje, somente os usuários cadastrados no nosso sistema poderão adicionar respostas, opiniões, correções e mais o que quiserem na área de interação dos artigos. Por que chegamos a esta decisão? Resumindo: perseguir a qualidade no conteúdo. O sistema utilizado por nós permite login muito fácil com perfil no Twitter ou no Facebook (também se admite conta do Google/Gmail). Quem quer realmente acrescentar algo à discussão que se inicia com os artigos precisa simplesmente dar dois ou três cliques, autorizar a importação da credencial na

Aquela velha história de valorizar os seus dados na rede

31/07/2012 às 16h09 por

A gente sabe que vive na Era Digital, na Era da Informação, dos 140 caracteres. Chame do jeito que quiser. Nossas informações pessoais trafegam pelos servidores de uma série de empresas sem que saibamos exatamente o que eles sabem sobre nós. E quem disse que isso importa? Continuamos alimentando o big brother digital por vontade própria. Queremos que essas informações circulem porque, dessa maneira, os serviços ficam mais espertos e com a nossa cara, com o nosso gosto. Essa discussão sobre privacidade é sempre importante, embora

Conheça Cowbird, a Wikipedia para a vida

26/04/2012 às 20h44 por

Se você é apreciador de conteúdo de qualidade, especialmente quando minerado a partir de startups com qualidade real e ótima atenção aos detalhes, pode ser que aquele seu desânimo com toda aquela bobagem interweb afora ganhe um novo fôlego e boas razões para manter a fé na internet.Pessoalmente, vejo o Cowbird — projeto lançado essa semana pelo artista e engenheiro de internet Jonathan Harris — como uma daquelas coisas que me dá motivos para jamais perder o entusiasmo com a web. Ele com

Polêmica à vista: EUA discutem sopa de leis relacionadas à pirataria e censura na internet

06/01/2012 às 10h17 por

Internautas dos Estados Unidos montam um protesto virtual para disseminar palavras de ordem contra duas propostas de lei que, até agora, deram muito o que falar. Em debate está a capacidade de entidades estadunidenses protegerem a propriedade intelectual das companhias originadas naquele país de uma forma mais incisiva e facilitada. O receio, por parte dos internautas, é de que a censura tome vez. 14 alternativas ao The Pirate Bay (sites de torrents mais populares) Por trás da

O mouse e o megafone

20/06/2011 às 16h51 por

Imagine-se caminhando por uma praça pública onde circulam cerca de 1.000 pessoas. De megafone em punho, você faz uma declaração racista. O que aconteceria? Excetuando-se a possibilidade da agressão física imediata, dá para fazer um paralelo desta situação com a internet em tempos de redes sociais. Dentre as 1.000 pessoas, um tanto se indignou, outro tanto ignorou, e outra parcela passou a mensagem para frente. Difícil saber o número total de pessoas que acabou recebendo a mensagem, mas foi o suficiente para que a Justiça entrasse em ação. E quem acha que isso não dá em nada

A balada antes e depois das redes sociais

24/05/2011 às 15h15 por

Como um adolescente comemorava seu aniversário no início dos anos 90, e como faz 20 anos depois? Início dos anos 90 A patota se reuniu no intervalo de aula, após cada um pensar em lugares bacanas para comemorar o anversário do Juca. Foi complicado chegar a um consenso. Além de duros, como qualquer adolescente, a mesada estava mais do que racionada depois que o governo confiscou a poupança de todo mundo. Foi preciso escolher uma lanchonete boa e barata e uma balada com o mínimo de consumação. Com muito sacrifício, a turma fez uma vaquinha pa