venda

Artigos de venda

Vivendi desiste de vender a GVT

às 14h03 por

Desde agosto do ano passado a Vivendi está tentando vender a GVT. A companhia francesa está sofrendo com a crise econômica que vem atingindo a Europa e, apesar da GVT ser suficientemente rentável, a decisão de vendê-la foi tomada. Essa não é a primeira tentativa de venda do grupo de mídia francês: antes da GVT, a francesa fracassou ao tentar vender a Blizzard Entertainment, conhecida produtora de jogos. A Vivendi tomou essa decisão após a DirecTV (dona da Sky no Brasil) se afastar do processo de compra, uma vez que todas as outras empresas com oper

Telecom Italia desistiu de comprar a GVT

às 17h27 por

A francesa Vivendi anda mal das pernas por causa da crise financeira que se passa na Europa. Para tentar conter a economia, a controladora decidiu colocar a venda a GVT, e a princípio muitas empresas estavam interessadas pela companhia. Entre elas, a TIM, mas o jornal italiano Il Sole 24 divulga, sem citar fontes, que os italianos já desistiram da oferta. O preço que a Vivendi quer pela GVT é bem alto: fontes dizem que os franceses querem 7 bilhões de euros, quantia que dá aproximadamente 19 bilhões de reais.

PCs ainda vendem como água, diz Gartner

às 13h29 por

O instituto de métricas Gartner liberou as estatísticas para venda de computadores PC no terceiro período de 2010. De acordo com o relatório, houve crescimento de 7,6% nas vendas de PCs em relação ao mesmo período do ano passado. No total, 88 milhões de PCs foram vendidos, 17,5% deles apenas da HP, que continua a fabricante com maior participação de mercado na área. A segunda colocada é a Acer com 13,1%, o terceiro lugar é ocupado pela Dell, com 12,2% e o em quarto está a Lenovo, com 10,4% das vendas de PC no período.

Google está à venda?

às 12h04 por

Rumores no Vale do Silício apontam que Larry Page e Sergey Brin, os fundadores do Google, planejam vender parte de sua companhia nos próximos cinco anos. O motivo? Aproveitar que seus papéis estão em alta e ganhar algum dinheiro com isso, oras. Atualmente a dupla é dona de 57,7 milhões de ações da empresa, o que representa 18% de seu valor de mercado e lhes garante 59% d