Yellow

Lime lança patinetes elétricos em SP e RJ para competir com Grin e Yellow

02/07 às 09h14 por

A Lime inaugurou nesta terça-feira (2) seu serviço de compartilhamento de patinetes elétricos nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. A empresa americana, que já opera em mais de 100 cidades no mundo, entra no Brasil para competir principalmente com a Grow, formada por Grin e Yellow, num momento em que as prefeituras trabalham para regulamentar o serviço. São Paulo proíbe patinete elétrico na calçada e obriga uso de capacete

Yellow e Grin chegam a 10 milhões de viagens de bicicleta e patinete

27/06 às 18h25 por

A Grow, que resultou da fusão entre as empresas de micromobilidade Grin e Yellow, registrou 10 milhões de viagens de patinetes elétricos e bicicletas compartilhadas no Brasil e em mais 6 países da América Latina, informa o TechCrunch. Ela atua em 23 cidades, e vem enfrentando desafios com a regulamentação da atividade em São Paulo e no Rio de Janeiro.

RJ quer exigir prova no Detran para andar de patinete elétrico

14/06 às 10h31 por

A Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) aprovou um projeto de lei que regulamenta patinetes elétricos e bicicletas elétricas, obrigando os usuários a terem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou realizarem prova no Detran-RJ. O PL segue para sanção ou veto do governador Wilson Witzel (PSC). A Grow, dona das marcas Grin e Yellow, diz que o projeto é inconstitucional.

Yellow entra na Justiça após prefeitura de SP apreender 500 patinetes

30/05 às 10h59 por

A prefeitura de São Paulo recolheu 557 patinetes elétricos compartilhados da Grow, que reúne as marcas Yellow e Grin, após começar nesta quarta-feira (29) a fiscalização prevista por decreto assinado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). O governo alega que a empresa não fez credenciamento e opera sem autorização; ela considera essa regulamentação ilegal e decidiu recorrer na Justiça.

Uber e outras dez empresas querem operar 100 mil patinetes em São Paulo

19/02 às 12h23 por

O prazo do chamamento da Prefeitura de São Paulo por interessados em operar patinetes elétricos na cidade se esgotou nesta segunda-feira (18). Com ele, onze empresas, incluindo Uber, Yellow e Grin se apresentaram para formalizar a implantação do serviço e adotar medidas de segurança e manutenção. Patinete elétrico da Xiaomi tem falha de segurança que permite controle via Bluetooth

Yellow tem bicicletas apreendidas em cidade por falta de autorização para operar

08/02 às 18h13 por

Depois de um período inicial atuando exclusivamente na capital paulista, a Yellow começou a expandir as suas operações para outras cidades. Uma delas é Vila Velha, no Espírito Santo. O serviço estreou por lá nesta sexta-feira (8). Ou melhor, tentou estrear: a prefeitura apreendeu cerca de 130 bicicletas da companhia e a multou em R$ 120 mil, aproximadamente. Yellow e serviço de patinetes elétricos Grin anunciam fu

Yellow e serviço de patinetes elétricos Grin anunciam fusão

30/01 às 16h55 por

Os serviços de compartilhamento de bicicletas e patinetes elétricos por aplicativo ainda são muito recentes no Brasil, mas já tem fusão acontecendo: nesta quarta-feira (30), a brasileira Yellow e a mexicana Grin (focada apenas em patinetes elétricos) anunciaram a decisão de unir forças. A nova empresa se chama Grow Mobility — o primeiro nome é uma junção das duas marcas. Uber quer desenvolver bicicletas e patinetes autônomos

Yellow vai multar em R$ 30 quem deixar bicicleta fora da área de atuação

26/09/2018 às 14h39 por

A Yellow vai cobrar uma taxa de retorno de R$ 30 para quem deixar a bicicleta fora de sua área de atuação, que engloba alguns bairros de São Paulo. A multa começa a valer na próxima segunda-feira (1º de outubro). A empresa permite alugar bikes através de um aplicativo para iPhone e Android, por R$ 1 a cada 15 minutos. Yellow diz que vandalismo e furto de bicicletas estão “abaixo do esperado” A área de atuação da Yellow inclui os Jardins, Pinheiros, Vila Madalena, Butant

Yellow, serviço de bicicletas compartilhadas sem estações fixas, já opera em SP

02/08/2018 às 16h23 por

Serviços para bicicletas compartilhadas já existem no Brasil, mas, via de regra, eles se baseiam em pontos físicos permanentes para retirada e entrega das bikes. A Yellow é uma startup que propõe um modelo diferente: que as bicicletas sejam compartilhadas com auxílio de aplicativos, mas sem necessidade de estações físicas. O serviço está estreando oficialmente em São Paulo (SP).

Carregar mais posts