É proibido, mas se quiser pode (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
É proibido, mas se quiser pode (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Todos os dias, inúmeros conteúdos que quebram as regras das plataformas digitais vão ao ar. A expectativa é que seriam excluídos, mas isso nem sempre acontece. É o caso da avalanche de perfis que divulgam jogos de azar, como o do Tigrinho, além do perigo dos anúncios enganosos. Nem os marketplaces escapam: grandes lojas, como Amazon e Mercado Livre, não conseguem se livrar de produtos irregulares.

No episódio de hoje, traçamos um panorama de alguns destes conteúdos, e discutimos como as redes sociais e varejistas on-line tentam lidar com o problema. Não aguenta mais ser marcado em spam de cassino on-line? Conhece alguém que caiu no golpe da loja falsa? Então dá o play e vem com a gente!

Participantes

Mande seu recado

Grupos da Caixa Postal do Tecnocast:

Você pode mandar comentários (inclusive em áudio, vai que você aparece no Tecnocast?), dúvidas, críticas e sugestões. Participe!

Se preferir, você pode se comunicar conosco pela Comunidade e através do e-mail tecnocast@tecnoblog.net.

Entre também nos Canais do TB no WhatsApp

Créditos

Assine o Tecnocast

Relacionados

Autor(a)

Josué de Oliveira

Josué de Oliveira

Produtor audiovisual

Josué de Oliveira é formado em Estudos de Mídia pela UFF. Seu interesse por podcasts vem desde a adolescência. Antes de se tornar produtor do Tecnocast, trabalhou no mercado editorial desenvolvendo livros digitais e criou o podcast Randômico, abordando temas tão variados quanto redes neurais, cartografia e plantio de batatas. Está sempre em busca de pautas que gerem conversas relevantes e divertidas.