Início / Testamos / Gadgets /

Em mãos: The Freestyle é a tela sem tela mais versátil da Samsung

Samsung The Freestyle roda Tizen, se encaixa até em soquete de lâmpada e exibe imagens em Full HD, mas quer ser mais do que só um projetor portátil

Por

Direto de Las Vegas — A Samsung sempre aproveita a CES para renovar sua linha de TVs. Mas 2022 não é um ano convencional, então a empresa resolveu apontar os holofotes para um produto que nem tem tela: The Freestyle. Na teoria, é um projetor compacto que mostra imagens de até 100 polegadas. Na prática, é uma “tela portátil” que funciona em qualquer lugar e é voltada para gente jovem (geração Z, manja?).

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Primeiras impressões da Samsung The Freestyle em vídeo

Dá até para projetar imagens nesse projetor

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O uso mais óbvio de um projetor é assistir a um filme. A Freestyle roda Tizen, o mesmo sistema operacional das Smart TVs da Samsung, e pode exibir imagens com resolução Full HD em qualquer superfície, com tamanhos de 30 a 100 polegadas. Mas, se a gente for olhar os vídeos promocionais, “ver TV” é o que a Samsung menos mostra: só tem gente brincando com projeções na rua, se reunindo com amigos em casa para jogar ou ouvindo música com efeitos de iluminação que acompanham o ritmo da playlist.

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Na área de demonstração aqui em Las Vegas, a Samsung tentou destacar bem o lado versátil do produto. A Freestyle é compatível com uma série de acessórios, como uma bateria externa que dura até 3 horas para quando você estiver em uma barraca de acampamento; um estojo de transporte com proteção contra água para transportar a Freestyle em aventuras por aí; e um adaptador bem interessante que conecta o projetor a um bocal de lâmpada tradicional, sem precisar de fios extras.

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A Freestyle é do tamanho de uma Amazon Echo antiga (aquela em formato de torre) e seus 830 gramas parecem até menos quando se segura o dispositivo na mão. Falando nisso, ela tem um alto-falante embutido que emite som em 360 graus e pode funcionar como um smart speaker, já que tem Alexa integrada e até sincroniza os efeitos visuais conforme as batidas da música que estiver tocando.

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Tá, mas falando sério agora sobre projeção

Sobre a projeção em si, eu gostei do que vi, considerando as limitações físicas do produto. É claro que ela não vai ter a mesma qualidade de um projetor a laser com 4K HDR, mas a imagem em Full HD até quebra o galho se você estiver pensando na Freestyle como um complemento à sua TV — ainda assim, ela não vai substituir nenhuma tela de verdade que você tenha em casa, já que o brilho em um projetor tão pequeno tem suas restrições.

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Por ser um produto tão voltado para o público comum, a Freestyle é bem fácil de usar e tenta fazer tudo automaticamente: dá para mover o projetor em qualquer ângulo e a imagem será nivelada, sem necessidade daqueles ajustes manuais de keystone para evitar o efeito trapézio. E o ajuste de tamanho é tão simples quanto afastar e aproximar o aparelho da superfície, já que o foco também é automático. Para melhor experiência, a fabricante recomenda projeções de 30 a 100 polegadas.

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Você pode conectar um dispositivo externo na Freestyle através de uma porta HDMI, mas não estamos mais em 2009, então é claro que dá para rodar vídeos da Netflix ou YouTube diretamente no projetor, ou então espelhar a tela do seu celular, inclusive se ele for um iPhone. Como a Freestyle tem microfone com detecção de voz, você pode conversar com seu assistente pessoal favorito para comandar tudo sem usar as mãos.

Quando chega? (No primeiro semestre no Brasil!)

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O que deve limitar o público da Freestyle nem é sua proposta toda descolada, mas principalmente o preço: aqui nos Estados Unidos, ela será vendida por US$ 899, e nem estamos considerando os acessórios, como a bateria, o adaptador de lâmpada e o estojo de transporte. Pelo menos na primeira geração, quem achou a proposta interessante deve esbarrar na questão financeira, já que esse é o valor que as pessoas pagam em uma boa TV de 55 polegadas.

Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung The Freestyle (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

No Brasil, a Samsung ainda não anunciou os valores, mas a empresa confirma ao Tecnoblog que a “tela portátil” desembarca ainda no primeiro semestre de 2022. O modelo não terá fabricação nacional e será importado, o que não nos traz muita esperança com relação ao preço. Você compraria?

Paulo Higa viajou para Las Vegas a convite da Samsung.