Arquivo Internet

Twitter anuncia botão “Comprar” para você torrar dinheiro a partir de um tweet

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

twitter-comprar

O Twitter anunciou oficialmente nesta segunda-feira (8) que está começando a testar o botão “Comprar”, para que você possa descobrir novos produtos e fazer compras diretamente de um tweet. A novidade, que inicialmente estará disponível apenas para um pequeno número de usuários dos Estados Unidos, já estava aparecendo para algumas pessoas nos últimos meses.

Nos próximos dias, o botão “Comprar” será usado por alguns parceiros do Twitter, o que inclui artistas, marcas e organizações sem fins lucrativos. Na lista, há Burberry, Demi Lovato, Eminem, The Home Depot, Megadeth, The Nature Conservancy, Paramore, (RED) e alguns outros — a lista completa está no blog do Twitter.

E como funciona? O botão “Comprar” estará disponível nos aplicativos oficiais do Twitter para Android e iOS. Quando um tweet com o botão aparecer, você será levado a uma tela para incluir os dados de pagamento, incluindo o endereço de entrega e os dados do cartão de crédito. É possível mudar alguns detalhes do produto — como o tamanho, no caso de camisetas. Confirme as informações e a compra está feita.

Só é necessário preencher os dados do cartão de crédito na primeira transação; as informações são armazenadas nos servidores do Twitter para compras futuras. A empresa diz que desenvolveu o sistema “com a confiabilidade e segurança em primeiro plano”, e que seu cartão de crédito é “processado de maneira segura e não será compartilhado com o vendedor sem sua permissão”.

Além do Twitter, outra rede social que está testando algo semelhante é o Facebook. Todos querem o seu cartão de crédito.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque