Rio recupera site, mas sistemas continuam fora do ar após ataque hacker

Prefeitura do Rio usará seu site para transmitir comunicados sobre status dos serviços; Diário Oficial do Município voltou a ser publicado

Giovanni Santa Rosa
Por
• Atualizado há 3 meses
Vista aérea do Rio de Janeiro
Vista aérea do Rio de Janeiro (Imagem: Mike Swigunski / Unsplash)

O ataque hacker à Prefeitura do Rio de Janeiro continua causando transtornos, mas a entidade já arrumou um jeito de, pelo menos, manter a população informada. O site da Prefeitura será usado para comunicar a situação de cada setor, enquanto o portal está fora do ar.

No endereço prefeitura.rio, há informações detalhadas sobre como proceder com a indisponibilidade de cada sistema.

A Nota Carioca, por exemplo, está fora do ar, então a recomendação é preencher um Recibo Provisório de Serviço e substitui-lo pela nota quando for possível.

Unidades de saúde que funcionam com a rede do Iplan, empresa pública de informática do município, estão registrando pedidos de exames e consultas manualmente. Unidades de urgência e emergência continuam atendendo.

Atividades de vigilância sanitária, como licenciamento, emissão de documentos, agendamento de castrações e chipagem animal, estão inoperantes.

O site traz ainda informações sobre aulas na rede pública de ensino, licenciamento de obras em vias públicas, emissão e recursos de multas, atendimento veterinário e outros departamentos.

Site da Prefeitura do Rio para comunicados
Site da Prefeitura do Rio para comunicados (Imagem: Reprodução / Prefeitura do Rio)

Segundo a Agência Brasil, a publicação do Diário Oficial do Município já foi reestabelecida, bem como a consulta a edições anteriores.

A prefeitura afirma que “os sistemas já recuperados vão permanecer offline até que o ambiente digital esteja seguro em sua totalidade”.

Ataque hacker à Prefeitura do Rio aconteceu na segunda-feira (15)

Os sistemas da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro estão fora do ar desde segunda-feira (15). Na madrugada daquele dia, às 2 da manhã, funcionários notaram a ação de hackers e, por precaução, retiraram os sistemas do ar para preservá-los.

“Implementamos uma série de ações para preservar os dados e retiramos do ar, de forma preventiva, todos os sistemas”, disse Claudio Fonseca, do Iplan Rio, na terça (16). “Nossos técnicos estão trabalhando para que os serviços comecem a ser normalizados e pedimos a compreensão e paciência dos cariocas.”

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). Por enquanto, não há mais detalhes sobre o episódio.

Com informações: Agência Brasil.

Receba mais sobre Rio de Janeiro na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Relacionados