Ouya

Artigos de Ouya

Rumor: Ouya pode ser colocada à venda

às 17h07 por

A Ouya, empresa por trás do console de baixo custo baseado em Android que leva seu nome, nunca chegou a passar por momentos tranquilos, digamos assim. A promessa de criar um console de apenas 99 dólares para jogos indies fez com que fosse um dos maiores sucessos do Kickstarter, mas uma série de ocorrências, que começaram com problemas no envio para os backers da campanha e chegaram até a condutas éticas com os desenvolvedores, acabaram por minar sua credibilidade e diminuir ainda mais o interesse. Então, não deve ser exatamente surpreendente que haja rumores de que a empresa

Ouya faz parceria com empresa de streaming de games

às 15h39 por

Com um lançamento cheio de tropeços que até agora não conseguiram ser totalmente superados, apesar de diversas iniciativas para aumentar sua popularidade entre desenvolvedores e jogadores, o Ouya já perdeu boa parte de sua credibilidade no mercado. Em uma nova manobra para se estabelecer, uma novidade foi anunciada nesta semana para tentar dar mais um fiozinho de vida para o console: uma parceria com a Playcast, empresa de cloud gaming, que poderá levar títulos AAA para o Ouya.

CEO do Ouya defende o console contra Fire TV: "para nós, jogos não são só um 'algo a mais'"

às 12h18 por

Ontem, a Amazon revelou seu set-top-box, o Fire TV, que tem configuração mais forte que a concorrência e também roda jogos baseados em Android. Essa última característica, aliada ao preço de 99 dólares, inevitavelmente fez com que ele fosse comparado ao Ouya e a CEO do console já se pronunciou a respeito. Julie Uhrman disse que os focos dos dois produtos são diferentes: enquanto games são para o Fire TV um "algo a mais", para o Ouya são o principal -

Killing Floor: Calamity leva sangue, destruição e experimentos fracassados em humanos para o OUYA

às 15h42 por

Se o seu motivo para não ter dado muita importância para o OUYA até agora é que queria um jogo um pouco mais, digamos, pesado, aqui está a solução: uma versão de Killing Floor, chamada Killing Floor: Calamity, foi lançada exclusivamente para o console indie. No Killing Floor original, o jogador faz parte de um grupo que precisa conter um "vazamento de pessoas" de uma empresa de biotecnologia. Chamada Horzine Biotech, a empresa conduzia testes genéticos e criava clones de pessoas, mas eles foram mal-sucedido

Edição especial do OUYA tem o dobro do armazenamento e uma nova cor

às 14h38 por

O OUYA, console indie baseado em Android que foi um dos maiores sucessos do Kickstarter, não teve o melhor dos lançamentos. Como é comum nas primeiras unidades, houve alguns problemas técnicos, mas o pior mesmo foi a demora na entrega do console a todos os investidores e as dificuldades com o suporte técnico, além das controvérsias com desenvolvedores indies que vieram meses depois. Hoje,

OUYA repensa Free The Games Fund e muda algumas exigências do programa

às 15h48 por

Lembra do Free The Games Fund, a campanha do OUYA para ajudar a financiar games indie para o console? A proposta inicial era de que os games que levantassem pelo menos US$ 50 mil no Kickstarter receberiam mais US$ 50 mil do OUYA. Cerca de dois meses e muitas críticas pesadíssimas de devs depois, as coisas mudaram um pouco no projeto. O Free The Games Fund perdeu apoio quando enfrentou denúncias de ter financiado games cujo

Rumor do dia: Amazon está desenvolvendo console com Android

às 12h00 por

De acordo com o Game Informer, que afirma ter recebido informações de múltiplas fontes, mais uma empresa vai lançar um videogame ainda este ano. A Amazon estaria trabalhando em um console baseado no Android, que aproveitaria os vários jogos existentes atualmente para a plataforma. Segundo o site, o console da Amazon deve ser lançado até o fim do ano, provavelmente durante a Black Friday, dia em que as lojas de v

OUYA oferece crédito de US$ 13 para quem teve problemas com o console

às 11h57 por

Se você faz parte do grupo de apoiadores do OUYA no Kickstarter que ainda não teve o produto entregue, deve ter recebido nesse fim de semana um email bastante educado da equipe se redimindo e oferecendo um agradinho para compensar toda a dor de cabeça. Meio para comemorar o primeiro ano do financiamento e meio para acalmar os nervos, o tal presente é um crédito de US$ 13,37 para gastar com games na loja do OUYA - quando seu console chegar, claro. Parece pouco dinheiro. Mas os games para OUYA são baseados em Android e não custam caro. E também há

OUYA fará campanha para incentivar jogos indies no Kickstarter

às 17h58 por

Com uns tropeções aqui, outros ali, o projeto OUYA virou realidade. E agora seus idealizadores querem mais: Julie Urhman, CEO da OUYA Inc., confirmou que a empresa irá recorrer mais uma vez ao Kickstarter, só que de uma forma diferente e, desta vez, para financiar o desenvolvimento de jogos indies. A campanha começará no dia 9 do próximo mês e se encerrará em 10 de agosto de 2014. Funcionará assim: o desenvolvedor deverá enviar

Como o OUYA falhou em corresponder ao hype

às 13h06 por

Foi lançado em lojas americanas, canadenses e inglesas nessa semana o OUYA, console baseado em Android que é um dos maiores sucessos do Kickstarter: ele arrecadou mais de 8,5 milhões de dólares ao longo da campanha. A proposta é sedutora: ele é voltado para jogos indies, o que facilita também o desenvolvimento e a publicação de games novos. C

Ouya, console de 99 dólares que roda jogos de Android, terá novo modelo a cada ano

às 16h38 por

Os fabricantes de videogames costumam lançar novas gerações de seus consoles a cada cinco, seis ou sete anos, mas o Ouya será bem diferente. O pequeno console, que roda Android e recentemente entrou em pré-venda por US$ 99, receberá uma atualização de hardware a cada ano, de acordo com a CEO Julie Uhrman, em entrevista ao Engadget. O Ouya fez sucesso no Kickstarter, onde recebeu US$ 8,5 mil

Carregar mais posts