Início » Brasil » Receita Federal faz leilão de R$ 3 milhões em celulares Xiaomi e iPhones

Receita Federal faz leilão de R$ 3 milhões em celulares Xiaomi e iPhones

Leilão da Receita Federal tem iPhones, celulares da Xiaomi, Motorola e Samsung, além de Mi Band, Apple Watch, PS4 e Xbox One

Felipe Ventura Por

A Delegacia da Receita Federal em Cascavel (PR) vai leiloar uma quantidade enorme de iPhones e celulares da Xiaomi, Motorola e Samsung: o total dos lances mínimos soma quase R$ 3 milhões. Além disso, há centenas de pulseiras fitness, como a Mi Band; smartwatches, como o Apple Watch; e consoles como PS4, Xbox One e Nintendo Switch.

iPhones e celulares da Xiaomi em leilão (Imagem: Divulgação/RFB)

iPhones e celulares da Xiaomi em leilão (Imagem: Divulgação/RFB)

Receita faz leilão de iPhones e celulares Xiaomi

Este leilão de mercadorias apreendidas receberá propostas até a próxima segunda-feira (26). Todos os produtos estão em um depósito da Receita Federal em Cascavel, e precisam ser retirados lá caso arrematados. Além disso, há incidência de ICMS.

Reunimos abaixo alguns exemplos do que está sendo oferecido, junto ao lance mínimo:

  • lote 3: 187 unidades do Apple Watch, 275 unidades da Xiaomi Mi Band 3, 44 unidades da Mi Band 4, entre outros; R$ 67.400
  • lote 9: 532 unidades do Google Chromecast, 117 unidades da Xiaomi Mi Box S, entre outros; R$ 24.400
  • Lote 18: 65 unidades do PS4, 27 unidades do Xbox One S, 14 unidades do Nintendo Switch, entre outros; R$ 38.200
  • Lote 27: 106 iPhones (do 7 ao XS Max) e 58 unidades do Xiaomi Mi Note 7; R$ 62.200
  • Lote 47: 73 iPhones X, XS e XS Max; R$ 53.400
  • Lote 50: 219 celulares da Xiaomi, 69 celulares da Motorola e 16 celulares da Samsung; R$ 55.000
  • Lote 59: 476 HDs internos da Seagate, 267 HDs externos da Seagate, 168 SSDs da Kingston, entre outros; R$ 45.000
PS4 e controles do Xbox One (Imagem: Divulgação/RFB)

PS4 e controles do Xbox One (Imagem: Divulgação/RFB)

E isso é apenas uma pequena parte do que a Receita está leiloando: existem 62 lotes com dezenas ou até centenas de celulares cada, cujo lance mínimo total é de R$ 2,85 milhões. Como os produtos raramente saem pelo preço inicial, a arrecadação deve ultrapassar os R$ 3 milhões nessa categoria.

Temos ainda itens de informática, smartwatches, pulseiras fitness, consoles e outros eletrônicos de consumo. Confira na tabela abaixo:

Categoria Nº de lotes Total dos lances mínimos
Celulares 62 R$ 2.858.200
Peças de PC, roteadores e afins 18 R$ 691.400
Consoles e acessórios 13 R$ 438.100
Pulseiras fitness e relógios 4 R$ 182.500
Áudio e vídeo 1 R$ 25.500
Outros 17 R$ 590.600
TOTAL 115 R$ 4.786.300

Praticamente todos os lotes estão reservados para pessoas jurídicas, que poderão revender os produtos. “É de responsabilidade do arrematante o cumprimento de eventuais exigências da Anatel em relação aos lotes com produtos para telecomunicação”, avisa o edital. Saiba mais no site da Receita Federal.

O dinheiro dos leilões vai para a Previdência Social e Fundaf (Fundo de Desenvolvimento de Atividades Fiscais). Foram arrecadados R$ 118,7 milhões entre janeiro e julho deste ano.

Xiaomi Mi Band (Imagem: Divulgação/RFB)

Xiaomi Mi Band (Imagem: Divulgação/RFB)

Celulares em leilão (Imagem: Divulgação/RFB)

Celulares em leilão (Imagem: Divulgação/RFB)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)