Início » Internet » BeKnown: um LinkedIn dentro do Facebook

BeKnown: um LinkedIn dentro do Facebook

Por
8 anos atrás

O LinkedIn é a maior rede social profissional do mundo. E o Facebook, com seus inexatos 750 milhões de usuário, é a maior rede social. Para concorrer com o LinkedIn, a Monster (tradicional empresa de recrutamento online) decidiu apelar para o Facebook e desenvolveu algo que pode ser considerado a rede social dentro da rede social. BeKnown é o nome do novo serviço.

De acordo com a Monster, BeKnown é um aplicativo para estabelecer sua rede profissional sem ter que sair do Facebook. Conforme mais gente passa mais tempo online na rede social de Mark Zuckerberg, permitir que esse pessoal gerencie sua network profissional parece ser uma tentativa bastante assertiva de ganhar mercado.

Junte-se ao BeKnown, convida aplicativo para Facebook

O aplicativo é gratuito e está disponível em português, além de outros 18 idiomas. Acesse aqui. Como em qualquer aplicativo integrado ao Facebook, o usuário deve confirmar os privilégios que BeKnown terá sobre seus dados publicados na rede social. Em seguida, o serviço carrega uma tela que deixa bem evidente como se trata de uma rede social dentro de outra.

Uma das ferramentas integradas ao BeKnown permite importar os dados do usuário em sua conta do LinkedIn. Com um clique, informações sobre o meu emprego atual e os anteriores foram copiadas automaticamente copiadas da rede social profissional para o aplicativo, sem qualquer dor de cabeça. O BeKnown também permite importar o currículo do internauta registrado no site da Monster.

Perfil no BeKnown

Recomendar oportunidades de emprego para amigos no Facebook é um dos recursos que me parecem ser mais interessantes no BeKnown. Você está feliz no seu emprego, mas esbarra com um que é simplesmente perfeito para aquele amigo de longa data? BeKnown promete facilitar essa aproximação entre um candidato em potencial e o empregador em busca de um novo profissional.

Meu maior receio com relação ao BeKnown é de que a timeline (chamemos assim) do Facebook fique excessivamente poluída com informações sobre atividades profissionais.

E você, enxerga o BeKnown com bons olhos? Comente e participe da discussão.