Arquivo Negócios

Polaroid aposta alto na impressão de fotos feitas com celular

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Milhões de fotos chegam a sites como Facebook, Google+, TwitPic e Instagram diariamente. Celulares com câmeras poderosas substituem as câmeras compactas, criadas especificamente para este fim, com facilidade monstra. Só tem um problema: a gente acaba fazendo foto demais, mas guardando conosco fotos de menos. A Polaroid tem uma nova proposta para resolver a questão que depende tijolo e argamassa em vez dos bits e bytes da fotografia digital.

A fabricante de material fotográfico vai construir lojas de verdade, daquelas que você tem que se dirigir para receber o atendimento. Primeiro nos Estados Unidos, as lojas Fotobar terão funcionários especializados em auxiliar os consumidores a tirarem as fotos dos gadgets e editá-las antes de mandar para impressão.

Loja da rede Fotobar com diversos Macs instalados

Loja da rede Fotobar com diversos Macs instalados

Clientes poderão escolher molduras para fotos

Clientes poderão escolher molduras para fotos

Pelo menos dez lojas tidas como “experimentais” serão abertas na América; a primeira delas em Delray Beach, na Flórida. Las Vegas e Boston também figura nos planos da Polaroid para este ano. Vejamos se a ideia vai para a frente.

Vai funcionar da seguinte forma. O cliente chega a loja e vai a uma área na qual os funcionários recolhem as imagens digitais e as enviam para computadores em uma bancada. A partir deles dá para editar as fotos, melhorá-las, corrigir o que precisar de correção. Filtros estão na lista de recursos suportados pelas máquinas; só não sabemos se vai repetir as funções às quais muitos se acostumaram por causa do Instagram.

Em seguida, finda a edição da foto, o consumidor terá de escolher em qual material vai imprimir a imagem: acrílico, bambu, madeira, metal e tela. Também poderá escolher entre uma série de molduras diferentes. A Polaroid diz que as lojas da rede Fotobar são focadas na experiência do usuário (já ouviu esse discurso antes).

Lembro bem que fui a uma loja de fotografia pela última vez há mais de seis meses. Recentemente, familiares mandaram imprimir fotos da defesa de TCC e só. Não é exatamente comum mandar imprimir fotos. De toda forma, a fabricante de materiais fotográficos aposta nessa tendência enquanto algumas empresas nacionais, entre elas a 256 Pixels, crêem que os usuários querem a comodidade de enviar as fotos pela internet e recebê-las impressas via correios.

Com informações da PC Magazine.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque