Philips lança novas TVs Ultra HD no Brasil (ou: o 4K está ficando cada vez menos caro)

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 semana

A Philips lançou nesta semana dois novos aparelhos de TV da Série 6900 Ultra HD com resolução de 3840×2160 pixels. Com tamanhos de 50 e 58 polegadas, elas não focam em milhares de tecnologias exclusivas, mas em um problema que toda novidade sofre: o preço. O modelo mais acessível pode ser adquirido por R$ 3.999, bem menos que as dezenas de milhares de reais das primeiras TVs que chegaram aqui.

Os aparelhos possuem algumas características que já se tornaram comuns nas TVs da Philips. As bordas são finas, com sete milímetros de espessura; a tela é capaz de exibir conteúdo com 3D ativo; e dois jogadores podem usar todo o espaço da tela com uma tecnologia que a Philips chama de Dual Gaming — para usá-la, é necessário vestir os óculos 3D.

philips-serie-6900-ultrahd

Como estamos falando de Smart TVs, elas possuem acesso à Netflix, que já tem conteúdo em 4K para aproveitar toda a resolução da tela, como é o caso da série House of Cards. Naturalmente, as TVs têm a tecnologia de upscaling, para que vídeos em Full HD sejam exibidos com qualidade no painel LCD (backlight de LED), e você pode reproduzir conteúdo de diversas fontes: são duas portas USB e quatro HDMI.

As TVs são fabricadas em Manaus e podem ser compradas por R$ 3.999 (50 polegadas) ou R$ 5.799 (58 polegadas). Segundo a Philips, trata-se das TVs 4K com a melhor relação custo-benefício do país. Contando com as promoções do varejo, já é possível adquirir modelos 4K de outras fabricantes também por menos de 4 mil reais. Se a queda de preço continuar nesse ritmo, é provável que no próximo ano o 4K pegue de vez.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados