iOS 5 pode impedir downgrade de firmware

Rotina poderá também impedir o Jailbreak sem fio no iPhone.

Thássius Veloso
Por

Desenvolvedores vêm testando o iOS 5 Beta desde a sexta-feira (24). A Apple liberou o software no meio de um feriadão, provavelmente para que os geeks forever alone tivesse algo para fazer. E, conforme os dias se sucedem, começam a aparecer novas implementações da empresa da maçã para o iOS. A mais recente descoberta mostra que não será possível realizar drowngrade para uma versão anterior do firmware.

Existe toda uma explicação técnica para essa mudança, que você pode ler no Ars Technica. Resumindo: a rotina “APTicket” pode ser necessária para autenticar o aparelho durante o boot. Como só a Apple tem a chave de criptografia do dispositivo, acabaria aquela história de instalar uma versão anterior do iOS. Ou seja, uma vez no iOS 5, o usuário teria que ficar com essa versão do sistema (e posteriores atualizações) para sempre.

Mas quem desejaria colocar um iOS antigo no iPhone, iPad ou iPod Touch? Eu quis. Meu iPod Touch é um idoso, de segunda geração. Nas recentes atualizações de firmware, antes da Apple desistir de lançar versões do iOS para o meu player de música, reparei que o desempenho do aparelho caiu. Usando o iTunes e um arquivo original do firmware, eu poderia facilmente realizar o drowngrade, processo que não é possível no iOS 5 Beta.

Restrições possivelmente têm a ver com iCloud e o envio de atualizações sem fio (OTA)

Essa modificação no “APTicket” também pode afetar usuários que fazem o Jailbreak sem fio. O procedimento pode ser bloqueado, assim como o downgrade. O Jailbreak cabeado continuará valendo, de acordo com os responsáveis pelo Dev-Team, grupo que cria soluções para burlar a segurança do iOS.

O Ars Technica destaca com razão que essa restrição se aplica ao Beta mais recente do iOS, mas não há garantias de que a Apple vá adotá-la na versão final do iOS 5.

Relacionados

Relacionados