O Delicious está de cara nova a partir dessa terça-feira. Depois que o Yahoo se desfez do tradicional serviço para armazenamento de favoritos, chegou a vez dos novos donos mostrarem a que vieram. E eles apostam num caráter mais social dentro do Delicious, que em sua essência não deixa de ser um repositório de links montado pelos próprios usuários.

A nova cara do Delicious reflete principalmente a visão que Chad Hurley e Steve Chen têm desse tipo de serviços. Os dois sujeitos são os criadores do YouTube, cuja venda para o Google os fez bem mais que milionários.


(Vídeo do YouTube)

Entre os novos recursos do Delicious, o que se destaca são os stacks (ou “pilhas”, na tradução para o português). Em vez de somente salvar um link para consulta futura, o usuário agora é convidado a criar os stacks — apanhados com links sobre um determinado assunto. Por exemplo, lugares para se visitar em São Paulo, ou dicas para ter seu primeiro cachorro.

Os stacks funcionam como repositório porque, além dos links, o usuário pode adicionar comentários e imagens anexas, criando uma página recheada de informações sobre um assunto que lhe agrada.

No anúncio das novidades, o Delicious afirma que inventou a playlist para conteúdo na web. Baseando-se em recomendações de amigos da rede, dá para descobrir páginas bacanas sobre assuntos correlacionados (semelhanças com o Stumble Upon, ao que me parece, são mera coincidência).

Como de costume, o Delicious não custa nada para ser utilizado. Quem tem menos escorpiões no bolso ainda pode apelar para o serviço pago, que lhe garante algumas regalias.

Receba mais sobre Delicious na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Na mídia, também atua como comentarista da GloboNews e da CBN, além de ser palestrante, mediador e apresentador de eventos. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na revista Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Canal Exclusivo

Relacionados