Arquivo Antivírus e Segurança

Líderes do LulzSec foram identificados e presos, informa FBI

Homem foi preso em 2011 e estava colaborando com investigações.

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Um agente da inteligência americana disse hoje à Associated Press que os líderes do grupo de ativistas digitais LulzSec foram identificados e presos. Ao todo cinco membros do grupo estavam presos ou em vias de serem presos na cidade de Nova Iorque, nos EUA, segundo o oficial. O LulzSec, para quem não lembra, foi o grupo responsável por atacar a base de dados da PSN da Sony e que posteriormente atacou também sites governais.

A informação também foi obtida pelo site FoxNews.com, que não tem um histórico muito confiável de informações, mas como a AP também relatou o ocorrido, estou tendendo a crer na história. Eles dizem que o sujeito abaixo seria “Sabu”, o mais proeminente participante do grupo LulzSec.

Trata-se do porto-riquenho Hector Xavier Monsegur, de 28 anos, desempregado e pai de duas crianças. Ele teria sido preso em agosto do ano passado e colaborou com as investigações do FBI desde então. Por causa dele os demais quatro líderes do LulzSec teriam sido identificados e presos. A informação foi liberada apenas hoje.

Essa não é a primeira vez que algum membro do LulzSec iria para atrás das grades. Na metade do ano passado um suspeito integrante do grupo teria sido preso na Inglaterra e pouco antes um suposto líder do LulzSec também teria sido identificado e preso pela polícia no estado americano do Arizona.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque