Nvidia deve garantir que conector da RTX 4090 não derreta, diz PCI-SIG

Nvidia sugere que casos de queima foram causados por encaixe incompleto do conector da RTX 4090; para PCI-SIG, fabricantes devem lidar com isso

Emerson Alecrim
Por

Ao montar um PC gamer, você não espera que algum componente pegue fogo. Mas isso aconteceu com duas placas de vídeo RTX 4090. A Nvidia declarou que o problema teria sido causado por um conector mal encaixado. Mas o assuntou não terminou aí. O PCI-SIG, grupo responsável pelo padrão PCI Express, deu a entender que Nvidia e fabricantes deveriam ter previsto esse risco.

GeForce RTX 4090 (imagem: divulgação/Nvidia)
GeForce RTX 4090 (imagem: divulgação/Nvidia)

As placas de vídeo Nvidia GeForce RTX 4090 têm um cabo 12VHPWR para alimentação elétrica. Em dois episódios que se tornaram públicos, o componente começou a soltar fumaça e derreter.

Nessas circunstâncias, logo imaginamos se houve algum tipo de sobrecarga. No entanto, um dos usuários relatou que jogava Red Dead Redemption 2 no momento do incidente. Durante a jogatina, a placa de vídeo demandava 400 W, coisa que o conector da RTX 4090 suporta. Ou deveria suportar.

A Nvidia começou a investigar os dois casos. Em 18 de novembro, a companhia postou em uma página de suporte que ainda estava estudando o problema, mas que já tinha uma pista sobre a causa: o encaixe incompleto do conector 12VHPWR.

Na mesma publicação, a Nvidia admitiu ter recebido, até aquela data, cerca de 50 casos de conectores queimados. Será que em todos eles o conector 12VHPWR estava mal encaixado?

Um dos casos de conector queimado (imagem: reggie_gakil/Reddit)
Um dos casos de conector queimado (imagem: reggie_gakil/Reddit)

O recado do PCI-SIG

Talvez a resposta seja um sonoro “sim”. Mas, para o PCI-SIG, os fabricantes precisam realizar testes que considerem situações em que o dispositivo pode representar algum tipo de perigo para o usuário.

Em nota enviada ao Tecnoblog e a outros veículos, o PCI-SIG declarou o seguinte:

O PCI-SIG gostaria de ressaltar a todos os membros que fabricam, comercializam ou revendem tecnologias PCI-SIG (incluindo conexões 12VHPWR) da necessidade de se adotar todas as medidas apropriadas e prudentes para garantir a segurança do usuário final, incluindo testes para casos de problemas relatados envolvendo consumidores, como alegado na ação acima referida.

(…) Ao implementar uma especificação PCI-SIG, os membros são responsáveis pelo projeto, fabricação e testes, incluindo testes de segurança de seus produtos.

Se você se perguntava qual a relação do PCI-SIG com o assunto, está aí a explicação. A entidade é responsável pela padronização do conector 12VHPWR. Cabe a ela fornecer as especificações técnicas para a fabricação do componente. Porém, métodos de produção, materiais e testes de segurança cabem aos membros do PCI-SIG, isto é, aos fabricantes.

Já a ação mencionada no comunicado diz respeito a um processo judicial: nos Estados Unidos, o assunto foi parar em um tribunal da Califórnia.

Se o problema estiver mesmo no encaixe, desenvolver uma forma de evitar que o conector 12VHPWR fique mal encaixado é a solução mais óbvia para o problema. Mas, provavelmente, isso levaria a um programa de recall, o que implicaria assumir culpa. Pelo jeito, essa é uma história que ainda vai longe.

Ao menos a Nvidia anunciou que ela e as companhias parceiras (que montam as placas RTX 4090) se comprometeram a reparar as unidades dos cerca de 50 casos relatados.

Relacionados

Relacionados