GPU

Intel promete lançar GPUs dedicadas em 2020

13/06 às 12h33 por

Quando o assunto é GPU dedicada, você vai de Nvidia ou AMD, só tendo o trabalho de escolher entre os modelos oferecidos por ambas. Mas, tarde ou não, um terceiro jogador quer entrar nessa briga: Raja Koduri, vice-presidente sênior da divisão Core and Visual Computing da Intel, confirmou os planos da companhia de lançar placas de vídeo a partir de 2020.

Nvidia diz que vendas de placas de vídeo para mineradores devem cair

11/05 às 11h52 por

A Nvidia divulgou recentemente os seus resultados financeiros (PDF) referentes ao primeiro trimestre do ano e, pela primeira vez, revelou que arrecadou um bom dinheiro com placas de vídeos direcionadas à mineração de criptomoedas: foram US$ 289 milhões. Mas essa bonança vai acabar: a própria companhia alerta que a busca de GPUs para mineração vai cair consideravelmente. Não chega a ser surpresa. Como noticiamos ontem (10), os

Preços de placas de vídeo estão voltando ao normal

10/05 às 15h31 por

2016 não foi um ano bom para quem pretendia montar ou atualizar um PC gamer. 2017 conseguiu ser pior. O motivo foi a disparada dos preços das GPUs causada pela grande procura de placas de vídeo para mineração de criptomoedas. Mas, agora, há sinais de que a situação está finalmente voltando à normalidade.

Tecnologia da Intel ativa GPU para rastrear vírus sem afetar desempenho

17/04 às 15h41 por

Os atuais chips gráficos da Intel podem até não oferecer uma experiência completa em jogos, mas ao menos eles permitirão que o seu computador fique mais protegido: a companhia anunciou uma tecnologia capaz de usar a GPU para reforçar a segurança do sistema operacional e, ao mesmo tempo, evitar que a CPU fique sobrecarregada. Chamada de Tecnologia de Detecção de Ameaças (TDT, na sigla em inglês), a novidade inclui uma função que permite que o antivírus faça uma varredura acelerada da memória por meio da GPU. Com isso, a carga de trabalho do processador nessa atividade cai de

Demanda por placas de vídeo para criptomoedas ajudou Nvidia a lucrar mais

09/02 às 15h59 por

Os resultados financeiros da Nvidia referentes a 2017 foram divulgados nesta semana. A companhia tem motivos de sobra para comemorar: no ano, a receita foi de US$ 9,71 bilhões; o lucro, de US$ 3,04 bilhões, aumento de 83% em relação a 2016. Mas o número de jogadores comprando placas de vídeo não aumentou. Uma parcela dos ganhos vem da mineração de criptomoedas.

Jogadores em pânico: mineração de criptomoedas fez os preços das GPUs dispararem

22/01 às 14h01 por

O que acontece quando a procura por um produto é maior do que a oferta? Os preços disparam, é lógico. É justamente isso o que está acontecendo no mercado de PCs para jogos: a demanda elevada está fazendo as placas de vídeo, que já não eram baratas, custarem uma fortuna. Não tem mais gente jogando, não. É a mineração de criptomoedas que aumentou a procura por GPUs. A consequência di

Samsung começa a produzir memórias GDDR6 para placas de vídeo

18/01 às 15h08 por

Nos próximos meses, muitas placas de vídeo vão sair de fábrica com um tipo de memória mais rápida, pelo menos no que depender da Samsung: a companhia iniciou a produção em massa de memórias GDDR6. Mas não pense que elas serão empregadas apenas em unidades gráficas. Os módulos também deverão ser usados em equipamentos para inteligência artificial e até sistemas automotivos. É óbvio que, para isso, as memórias GDDR6 precisam ter mais desempenho que os atuais módulos GDDR5 ou GDDR5X. A Samsung explica que a nova memória é baseada em um processo de fabricação de 10 nan

Asus anuncia placas de vídeo para minerar criptomoedas

29/06/2017 às 15h31 por

Quando as criptomoedas ganharam os noticiários, muita gente já estava usando computadores com GPUs poderosas apenas para minerar bitcoins. Eis que a indústria decidiu explorar esse nicho: a Asus está lançando placas de vídeos desenvolvidas especialmente para mineração. Esses lançamentos estariam sendo facilitados porque, aparentemente, AMD e Nvidia estão de olho nesse mercado, embora ambas não confirmem. Isso sugere que, sim, outros fabricantes podem lançar placas de vídeo com o mesmo objetivo — a Sapphire também anunciou produtos similares recentemente.No caso da Asus, são

AMD Radeon Pro Duo é uma placa de vídeo com 32 GB de memória

26/04/2017 às 16h24 por

Sem fazer barulho, a AMD anunciou nesta semana a nova versão da Radeon Pro Duo, uma senhora placa de vídeo equipada com dois núcleos Polaris 10 de 14 nanômetros e 32 GB de memória. Em termos práticos, é quase como se estivéssemos diante de duas placas Radeon RX 480 trabalhando em conjunto. É claro que você pode utili

Radeon RX 500 é a nova série de placas de vídeo da AMD

18/04/2017 às 14h50 por

Burburinhos recentes já davam conta de que a AMD estava prestes a lançar uma nova linha de placas de vídeos. Pois bem, o anúncio oficial da série Radeon RX 500 foi feito nesta terça-feira (18). A linha terá cinco modelos, com destaque para a Radeon RX 580 e a Radeon RX 570. As novas placas têm processo de fabricação FinFET 14 nanômetros e são baseadas na já conhecida arquitetura Polaris. Como tal, todas chegam batendo nas teclas da eficiência energética e da relação custo-benefício.

Nvidia Titan Xp é a placa de vídeo mais poderosa do mercado

07/04/2017 às 10h54 por

Com a chegada da GeForce GTX 1080 Ti, a Titan X perdeu o posto de placa de vídeo mais poderosa do mercado. Mas não por muito tempo: sem fazer barulho, a Nvidia anunciou nesta semana a Titan Xp, versão incrementada o suficiente para bater os números da 1080 Ti. Sim, incrementada. Não estamos falando de um dispositivo completamente novo, mas de uma placa de vídeo que tem a mesma base da Titan X, como o próprio nome indica: o chip GP102 de arquitetura Pascal e tecnologia de fabricação de 16 nanômetros. E quais

AMD vai focar em alto desempenho com a nova arquitetura de GPUs Vega

06/01/2017 às 15h51 por

Como previsto, a AMD pegou carona na CES 2017 para dar mais detalhes da Vega, a sua próxima arquitetura de GPUs (também de 14 nanômetros). Nos chips gráficos Polaris, a companhia se preocupou bastante com a eficiência energética. Na nova geração, porém, o foco é outro: desempenho. Para isso, a AMD aposta, entre outros atributos, no padrão de memória gráfica HBM2. Não é que desempenho não tenha sido importante antes

Carregar mais posts