PS5 Pro terá CPU e GPU mais poderosas, diz site

Sony vai incentivar desenvolvedores a adotar ou aperfeiçoar ray tracing, colocando selo "PS5 Pro Enhanced" nos títulos com melhorias significativas

Giovanni Santa Rosa
Por
PlayStation 5
PlayStation 5 já passou da metade do ciclo de vida, admite Sony (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

O PS5 Pro terá renderização de GPU cerca de 45% mais rápida que a versão convencional do console. Além disso, a CPU terá a opção de atingir a frequência de 3,85 GHz, 10% maior que os 3,5 GHz do modo padrão do chip.

As informações foram obtidas pelo site The Verge, que teve acesso a uma lista de especificações da nova versão do console. O PS5 Pro deve chegar às lojas até o fim de 2024. Internamente, ele é conhecido pelo codinome Trinity.

Imagem gerada por computador de bonde passando próximo a uma poça d'água. A poça reflete o bonde.
Ray tracing ganhou popularidade desde 2018, com suporte nativo em placas de vídeo da Nvidia (Imagem: Nvidia / Divulgação)

Com as melhorias de hardware, a Sony espera que o PS5 Pro seja capaz de oferecer uma renderização melhor de jogos com ray tracing, além de entregar resoluções e frames por segundo mais altos em certos títulos.

Segundo fontes ouvidas pelo Verge, a empresa está encorajando os desenvolvedores a usar ray tracing e outros recursos gráficos em seus títulos, como forma de aproveitar a potência do PS5 Pro. Os games com “melhorias significativas” poderão usar o selo “PS5 Pro Enhanced”.

Os detalhes técnicos da CPU e GPU do PS5 Pro

A nova GPU é maior e usa memórias mais rápidas. Além disso, a Sony está usando uma arquitetura de ray tracing mais potente, capaz de ser três vezes mais rápida que a da versão padrão do PlayStation 5.

Já o novo modo da CPU é um overclock, conseguido com mais energia direcionada a ela. Como resultado, menos energia vai para a GPU, o que leva a um downclock de 1,5% e uma queda de desempenho de 1%. Os desenvolvedores poderão optar entre os modos padrão e alta frequência da CPU.

A memória do sistema também deve ganhar a mais largura de banda, saltando de 448 GB/s para 576 GB/s, um aumento de 28%. Além disso, os jogos poderão usar 1,2 GB a mais, passando de 12,5 GB para 13,7 GB.

Um dos documentos internos diz que o PS5 Pro será uma versão de topo de linha do PS5, o que sugere que o console atual não sairá do mercado. O PlayStation 5 ganhou uma versão slim, mais fina, em outubro de 2023.

Em fevereiro deste ano, a Sony apresentou resultados fracos. Naomi Matsuoka, vice-presidente sênior da empresa, admitiu que o console já passou da primeira metade de seu ciclo de vida e que as vendas devem desacelerar daqui em diante.

Com informações: The Verge

Receba mais sobre PlayStation 5 (PS5) na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados