Bitcoin começa a ser negociado em contratos futuros nos EUA (e o que isso significa)

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 mês
Criptomoeda

Sendo bolha ou não, o bitcoin continua ganhando espaços importantes no mercado: neste domingo (10), a criptomoeda passou a ser negociada na forma de contratos futuros na Chicago Board Options Exchange (Cboe). Nas primeiras horas, as ordens chegaram a ser automaticamente suspensas por um mecanismo de proteção devido às fortes oscilações no preço.

Simplificando, um contrato futuro permite apostar no preço de um ativo em uma data futura. Há três contratos em negociação na Cboe, com datas de validade em 17 de janeiro, 14 de fevereiro e 14 de março de 2018. No momento em que escrevo este parágrafo, os investidores acreditam que os valores do bitcoin nesses dias será de, pelo menos, US$ 17.780, US$ 17.970 e US$ 18.080, respectivamente.

A demanda foi alta, tanto que o circuit breaker foi ativado duas vezes — trata-se de um mecanismo de proteção que entra em ação quando um ativo tem uma valorização ou queda brusca repentina, para evitar uma volatilidade ainda maior. No primeiro dia, as negociações foram paralisadas por 2 minutos quando os contratos subiram 10% e mais 5 minutos quando bateram os 20%, em um intervalo de menos de duas horas:

A estreia no mercado futuro é um dos possíveis motivos da valorização do bitcoin nas últimas semanas. Em tese, ele permite que grandes investidores apostem na criptomoeda, o que pode aumentar sua credibilidade e talvez até diminuir a oscilação nos preços, que sempre foi muito alta.

Desde o começo de dezembro, a moeda vem batendo recordes em questão de horas, tendo alta de 1.600% desde janeiro, quando valia menos de mil dólares. Ainda assim, o bitcoin continua bem volátil: a cotação atingiu US$ 18.275 em 8 de dezembro, despencou para US$ 13.300 no dia 10 de dezembro e hoje é de US$ 16.500. Haja estômago.

Com informações: The Next Web, Bloomberg.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados